logo.gif (2326 bytes)

Joseph Wilson: “Guerra expansionsista” de Bush “entrou em choque com a dura realidade no Iraque”

O ex-embaixador dos EUA no Iraque, Joseph Wilson, afirmou que “essa guerra foi uma guerra expansionista, uma guerra para impor uma visão ao mundo. Agora essa visão entrou em choque com a dura realidade no Iraque”. Durante debate realizado na Sociedade de Cultura Ética de Nova Iorque, o diplomata ressaltou também que “George W. Bush transformou os EUA na mais temida ameaça à segurança global”. 

Joseph Wilson foi indicado para investigar no Níger a veracidade de um boato de que o Iraque teria comprado urânio daquele país africano para produção de bomba atômica. Como ele não prestou a confirmar a mentira que interessava a Bush, Cheney e Humsfeld, passou a ser perseguido pela quadrilha aboletada na Casa Branca.

“A invasão do Iraque foi desnecessária porque o gorverno de Sadam não representava uma ameaça imediata à segurança nacional norte-americana”, acrescentou o ex-embaixador. “O fracasso das forças de ocupação nas buscas por supostas armas de destruição em massa e a ausência de evidências sobre relações entre Sadam e Osama bin Laden foram prejudiciais à credibilidade dos EUA perante o mundo”, avaliou Joseph Wilson.   

Voltar

Paginas: 1 2  3  4  5  6  7  8

 

  Converse com Editor