logo.gif (2326 bytes)

Membros do Tratado Antártica se reúnem na África do Sul

O Brasil estará representado pelo Ministério do Meio Ambiente na 27ª reunião consultiva do Tratado da Antártica e na 6ª reunião do Comitê de Proteção Ambiental, que será realizada na sexta-feira na Cidade do Cabo, África do Sul. O Ministério, responsável por coordenar o Grupo de Avaliação Ambiental do Programa Antártico Brasileiro (Proantar), estará representado pela oceanógrafa Tânia Brito, assessora da Diretoria de Áreas Protegidas.

Todos os anos os países membros do Tratado Antártico se reúnem para discutir e trocar informações, além de elaborar recomendações aos governos signatários do acordo para que medidas sejam adotadas em torno do Tratado.

Medidas de proteção ambiental na Antártica constam do Protocolo ao Tratado da Antártica sobre Proteção ao Meio Ambiente, conhecido como Protocolo de Madri, criado em 1991. Já o Comitê para Proteção Ambiental é responsável por emitir pareceres e formular recomendações ao países signatários. A cada país, isoladamente, cabe tomar medidas necessárias - até mesmo através de leis - para garantir o cumprimento do Protocolo.

Em fevereiro deste ano, o Brasil completou 20 anos de presença na Antártida. Na Estação Comandante Ferraz, administrada pela Marinha do Brasil, com a participação de cientistas de outros órgãos governamentais, são desenvolvidos projetos científicos nas áreas físicas, químicas, biológicas e ambientais, garantindo ao Brasil um importante papel na decisão sobre o futuro da região.

Voltar

Paginas: 1 2  3  4  5  6  7  8

 

  Converse com Editor