1 2 3 4 5 6 7 8|Índice| Biblioteca|Assinatura|Expediente|Cartas|Não tropece na Língua
Envie sua carta: horadopovo@horadopovo.com.br | hp@webcable.com.br


Informe Publicitário

Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo

A cidade das oportunidades

Em uma época não muito distante, a década de 1970, São Paulo era conhecida como “a capital do mundo”, e também “a cidade das oportunidades”. Hoje, ela é uma cidade injusta e violenta. Tem problemas como falta de emprego, de moradia, com pedintes cujo número aumenta a cada dia. Crianças dormem embaixo dos viadutos, e muitas delas acabam no mundo das drogas. Pesquisas realizadas entre a população carcerária aponta que 70% deles têm até 25 anos de idade, ou seja, no mundo da criminalidade a predominância é de uma faixa jovem.

É urgente que as autoridades façam algo, e com a rapidez que o caso requer. É preciso juntar profissionais de todas as áreas, que estudam comportamento, como psicólogos, educadores e sociólogos, para encontrar uma solução para o grave problema dos marginalizados que perambulam por nossas ruas.

Temos que lembrar que esta é uma cidade industrial, e também prestadora de serviços. Mas que não pode ficar somente prestando serviços, porque isso gera empregos que remuneram mal. Nossa vocação ainda é industrial e temos de reforçar essa tendência, criar possibilidades para que indústrias se fixem por aqui ou que outras fábricas também sejam atraídas. Só assim nossa cidade terá emprego para atender a toda essa demanda.

Não temos vocação para o turismo, a não ser o de negócios. Turistas que passam por aqui vêm unicamente a serviço. Isso, porque não temos praias nem lençóis d´água que tanto atraem turistas para outras regiões brasileiras.

Se não fizermos nada para criar empregos e aproveitar a mão-de-obra que perambula pelos centros de solidariedade em busca de uma vaga imaginária ou real, mas a qual ela não tem capacitação técnica para ocupar, o que teremos no cenário será uma legião de desempregados caminhando em busca do quê? E até quando? A inércia é mais do que suficiente para tirar o sono dos governantes. É hora de acordar.

Eleno Bezerra é presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, Mogi e Região, da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos e vice-presidente da Força Sindical 
 

Voltar

Paginas: 1 2  3  4  5  6  7  8

Edição
03/08/2007
1 2 3 4 5  6 7 8
 Índice
 Biblioteca

Especial

O Assassinato de Máximo Gorki

Cadernos:  1  -  2

Especial
Historia do PCUS

Cadernos: 1  -  2

Matérias Especiais
Cartas
Assinatura
Expediente