Relator da CPI diz que falha técnica da “aeronave” e não do piloto foi “preponderante”

“Está claro que eles não conseguiram frear nem tentaram arremeter. A falha nos equipamentos foi maior e preponderante para o acidente do que a falha humana. O que precisamos saber é porque os freios não funcionaram”, afirmou o relator da CPI do setor aéreo, deputado Marcos Maia (PT-RS), após analisar o conteúdo da caixa-preta.

Página 3

Voltar

Paginas: 1 2  3  4  5  6  7  8

Edição
03/08/2007
1 2 3 4 5  6 7 8
 Índice
 Biblioteca

Especial

O Assassinato de Máximo Gorki

Cadernos:  1  -  2

Especial
Historia do PCUS

Cadernos: 1  -  2

Matérias Especiais
Cartas
Assinatura
Expediente