EUA faz o maior corte de juros na tentativa de conter a crise

Em pleno feriado nacional – segunda-feira dia 21 -, o presidente do banco central dos EUA (Fed), Ben Bernanke, resolveu baixar às pressas a taxa básica de juros em 0,75%, na maior redução em 25 anos, e de uma só tacada

Em pleno feriado – segunda-feira dia 21 -, o presidente do banco central dos EUA (Fed), Ben Bernanke, no relato do “The Wall Street Journal, “piscou”. A atenta observação se refere à decisão do Fed de baixar, às pressas – e bota pressa nisso -, a taxa básica de juros nos EUA, em 0,75%, no maior corte em 25 anos, e de uma só tacada. Note-se que havia uma reunião regulamentar do Fed marcada para dali a uma semana.

Mas parece que não dava para esperar. A última vez que havia ocorrido um corte, em um só dia, dessa magnitude, foi em 1982, no caso, de 1%. Na época, segundo o “The New York York Times”, o Fed avaliava que pelo menos “790 bancos” estavam “prestes a quebrar”. De acordo com o WSJ, em 1991 o Fed fez reduções, por três vezes, de 1% na taxa de redesconto, cobrada nos empréstimos diretos do BC dos EUA aos bancos. A última vez que o “Fed” havia se reunido fora da data marcada foi logo após o 11 de Setembro. Quanto ao “tamanho” do corte, como notou a revista inglesa “The Econo-mist”, “mesmo o Fed sob Alan Greenspan, que cortou as taxas de juros de 6,5% a 1% nos anos iniciais da década, nunca fez um corte de mais de 0,50% de uma só vez”.

“SURPRESA”

“A redução de surpresa” – como classificou a Associated Press – levou a taxa básica de 4,25% para 3,5%. Antes, Bernanke havia reduzido o juro em setembro (0,50%) (na chamada crise do ‘aperto de crédito’) e em outubro (0,25%) e dezembro (0,25%). Agora, segundo a “The Economist”, os ‘mercados futuros” estão prevendo uma nova redução adicional de pelo menos 0,25% no dia 30 de janeiro, data da reunião marcada desde dezembro. “Presumivelmente os mercados possam conseguir se manter até lá”, acrescentou a revista, que chamou as decisões do Fed de “Medidas Desesperadas”.

Alguns órgãos da mídia internacional quiseram atribuir a decisão de Bernanke de antecipar o corte da taxa de juros à derrubada nas bolsas de valores no mundo inteiro, em um dia em que era feriado nos EUA. Outros viram o gatilho da derrubada de segunda-feira no pífio pacote econômico anunciado por W. Bush, no valor de US$ 150 bilhões, que basicamente cortou impostos dos ricos. Houve até quem quis acreditar que foi o encolhimento nos empregos.

                                                                ESCORA

Mas, precisava ser no meio do feriado? Não dava para esperar uma semana? Para a “The Economist”, “é difícil não chegar à  conclusão de que o Fed agiu para escorar os mercados, que tinham alarmantemente mudado para modo de pânico rapidamente no decorrer da semana passada”. Assim, destacou a revista inglesa, esse movimento apenas uma semana antes [da reunião já marcada] “levanta a suspeita de que o Fed saiba algo que os mercados não saibam”.

Nessa linha de raciocínio, a revista registra que houve apenas um voto em oito, contra. O de William Poole, que alegou que “as coisas não estavam suficientemente ruins para exigir ação tão próximo de uma reunião regular”. Continuando, ela aponta que o fato de que “ninguém mais tenha sido influenciado por esse argumento sugere que a maior parte do comitê está agora ou muito preocupado sobre o panorama econômico ou que haja um sério risco de um desmanche do mercado financeiro”.

Para o economista-chefe do Bank of Tokyo-Mitsubishi, Christopher Rupkey, o movimento do Fed foi para “tentar parar o pânico” das bolsas. No comunicado de justificativa do Fed, a decisão repentina deveu-se a que “as condições mais extensas do mercado financeiro continuam a se deteriorar e o crédito tornou-se mais apertado para alguns empresários e proprietários de casas. Mais ainda, dados recentes indicam um aprofundamento da contração do setor imobiliário bem como atenuação nos mercados de trabalho”. Após o corte de juros, se agudizou a percepção sobre a crise em curso nos EUA e a recessão.

SEGURADORAS

À parte as questões mais de fundo sobre a economia dos EUA, uma busca na mídia imperial permite encontrar uma pista sobre uma razão mais comezinha para a pressa toda. Informa o “Financial Times” – e também o “The Wall Street Journal” - que na sexta-feira, dia 18, a agência de classificação de riscos Fitch rebaixou uma das maiores seguradores dos bônus usados na especulação, a Ambac, de triplo A para AA-, e que idêntica ameaça recaía sobre a MBIA.

O problema é que essa classificação tem servido, até aqui, para evitar que cerca de US$ 305 bilhões em títulos “colaterizados” em mãos de grandes bancos dos EUA e mais US$ 88 bilhões, de fora do país, virem pó. Ou seja, baixa, rombo, de US$ 400 bilhões nos supostos ativos desses bancos. Essas seguradoras também estão carregando U$S 2 trilhões de papéis em títulos de municipalidades dos EUA. “A garantia [das seguradoras de bônus] têm permitido que os bancos não tenham de dar baixa dos valores dessas posições”, disse ao FT um “analista do UBS” (o maior banco suíço e maior da Europa).

EMERGÊNCIA

Na quarta-feira, depois de abrir em queda com notícias como os resultados aquém do esperado da Apple e redução de 84% dos lucros da Motorola no último trimestre do ano passado, a bolsa de Wall Street deu um suspiro. É que as autoridades reguladoras do seguro estariam discutindo com os “grandes bancos” um socorro de emergência às seguradoras Ambac e MBIA para mantê-las à tona. US$ 5 bilhões já, e pelo menos mais US$ 10 bi proximamente. Acrescenta o jornal que “a menos que quantidades significativas de capital fresco sejam levadas logo”, o rebaixamento deve ser seguido “pela Moody’s e a Standard & Poors”.

Não é à toa que o ex-diretor do Fed, Lyle Gramley, afirmou ao WSJ que [o Fed] não agir “era o risco maior”. Já o economista Vincent Reinhardt, também ex-membro do Fed, agora no American Enterprise Institute, alertou que “se os mercados desabarem depois que você tiver agido”, a credibilidade “fica ameaçada”. “Se o pânico de mercado recomeça, você se vê diante da questão, qual é o plano B?”

ANTONIO PIMENTA

 

 

Página 5

Página 6

Palestinos rompem o cerco israelense na Faixa de Gaza

 

Israelenses organizam caravana de solidariedade aos palestinos de Gaza

  

Evo, dois anos de gestão: pagamentos da dívida externa reduzidos à metade

 

“Distribuímos mais terras em dois anos do que governos neoliberais fizeram em dez”

 

Chávez: “Acabaremos com a especulação no comércio de produtos”

 

PC colombiano apóia “esforço de Chávez pelo acordo entre FARC e governo da Colômbia”

 

Página 7

EUA faz o maior corte de juros na tentativa de conter a crise

 

Governo Bush lançou 935 afirmações mentirosas para ocupar Iraque, conclui estudo

  

Conferência de paz nos EUA apóia a luta dos iraquianos para expulsar os invasores

 

Bono vai ao Pentágono alistar-se no “Africom”

 

 Americanos homenageiam Martin Luther King com conclamação à “unidade contra o racismo” 

Página 8

O mercado cinematográfico na contra-mão do desenvolvimento

 

Leia

Prócer tucano plantou na ‘Veja’ dossiê sobre gasto sigiloso de FHC

FHC não explica compra de pênis de borracha com verbas sigilosas

BC quer elevar juros para ver se derruba popularidade de Lula

Veto federal a tarifas de escorcha derruba privatização da Cesp

S. Paulo unânime pede a suspensão do leilão da Cesp

Ações na Justiça pedem suspensão do leilão da Cesp

Berzoini quer Quércia como vice de Marta

Senado murcha a bola da oposição e volta a trabalhar

Bush veta lei que proíbe tortura de presos políticos

Privatização da CTEEP provoca apagão em SP

Lula desentoca o tatu: “oposição não aceita que pobre tenha vez”

Juiz que botou a mãe na zona lustra STF com sua sapiência

Juiz afronta o Direito e autoriza imprensa a difamar impunemente

Fidel: “Preparar Cuba para minha ausência é o meu maior dever”

Lula e trabalhadores unidos para manter Brasil no rumo certo

Dama do esgoto move processos para calar Nassif

Nova liminar susta a privatização da Cesp

Governo protocola a CPI e deixa oposição pendurada na tapioca

Brasil pagou em 2007 24,4 bi além da meta do superávit primário

Brasil tem recorde de remessa de lucros e investimento dos EUA

Lula tinha razões para comparar a reunião de ministros à Santa Ceia

Edgarzinho do bingo exuma censura para se vingar de Requião

Lula diz em Cuba que falta competência aos EUA para dar palpite sobre país dos outros

‘Corte só no superávit primário’, defendem as Centrais Sindicais

1 ano de impunidade!

Planejamento cogita excluir R$ 14 bilhões do superávit primário

Anatel dá de presente a 3G para monopólio da Telefónica e AT&T

Lula e Bachelet levam apoio a Evo e aprovam o corredor bioceânico

Projeto quer ampliar “conteúdo nacional” entregando TVs para os capitais externos

Banco do Sul: marco de novo salto para a libertação continental

Discurso de Renan arrasa impostura e convence plenário

Chávez aconselha a oposição a valorizar vitória e retornar ao leito da democracia

Mercadante agora quer cassar Renan e aprovar a CPMF com os votos da oposição

Procurador conclui que Azeredo roubou dinheiro do Estado

CCJ vota “Sí” ao ingresso da Venezuela no Mercosul

Serra diz que sua privatização não é igual a de FHC

Truculência da Anatel para desnacionalizar a mídia choca o setor

Triunfo da Petrobrás esconjura agouro dos criadores de apagão

“Não vai faltar nem gás nem energia”

Época copia Veja e frauda até foto do presidente Chávez

Anatel comete novo ilícito para fazer Abril laranja da Telefónica

Desenvolvimento e juro baixo dão vitória à Cristina

Anatel se amanceba com teles para matar concorrência na área de telefonia e mídia

Jefferson admite que acusações de Lyra a Renan são “frágeis”

Lula cobra que Senado mostre “seriedade” em relação à CPMF

Para Jintao, combate à desigualdade social é a “nova prioridade”

Tucanos abrem o jogo e dão largada para privatizar tudo em SP

NYT confirma em manchete: ‘Bush autorizou tortura’, como disse o HP em junho de 2004

CIA diz que vai banir o “water-boarding” para humanizar seu programa de tortura

Chinaglia faz média com a ‘Veja’ à custa da honra dos companheiros

Tucanos querem pôr na conta de Lula a ladroeira de Azeredo

Sai pela culatra golpe da mídia para jogar o Senado contra Chávez

Oposição quer o fim da CPMF para acabar com a saúde pública e programas sociais

Desacatar veredicto das urnas é negar a democracia, diz Lula

 Senado fulmina furor golpista e reafirma a sua independência 

Na falta das provas contra Renan, mídia alicia oposição para atropelar regimento

 Renan expõe as vísceras da “torpeza e da delinqüência” do grupo Abril

LULA CONVOCA O PT A CERRAR FILEIRAS “NADA QUE NOS ACONTEÇA PODE NOS ESMORECER”

SEGUNDO J. BARBOSA, REVERENCIAR AUTORIDADE É INDÍCIO "O BASTANTE" PARA CRIME DE MANDO

STF COZINHA MÍDIA E ACEITA JULGAR PETISTAS (MAS VAI ABSOLVÊ-LOS)

LAUDO CONCLUI QUE "GADO FOI VENDIDO A PREÇOS DE MERCADO E PATRIMÔNIO É COMPATÍVEL COM A RENDA"

LULA ESCLARECE A CRISE DOS EUA: "QUEM ACHA QUE A ECONOMIA É UM CASSINO PODE PERDER"

AUTONOMIA FAZ DAS AGÊNCIAS ARMA DE CARTEL PARA USURPAR PODER DE GOVERNOS

CIVITA RECEBE 1 BILHÃO PARA SE TORNAR LARANJA DA TELEFÓNICA NA TVA

MINORIA QUER TOMAR O SENADO NO GRITO

PARA A MÍDIA GOLPISTA, LULA CONTINUA EM ALTA PORQUE POVO BRASILEIRO É "POBRE E IGNORANTE"

"QUEM ACHA QUE VAI ME VENCER NA RUA PODE TIRAR SEU CAVALO DA CHUVA"

SERRA NÃO EXPLICA O METRÔ DESABADO E PONTIFICA SOBRE DESASTRE DO  AIRBUS

LULA TENTA APAZIGUAR GOLPISTAS NOMEANDO JOBIM PARA DEFESA

MÍDIA GOLPISTA ESCONDE LAUDO DO IPT SOBRE O ATRITO DA PISTA

"GLOBO" MANIPULA A TRAGÉDIA EM SP PARA INSUFLAR "CRISE AÉREA" E JOGAR CULPA EM LULA

MAIA PAGA O APOIO DE LULA AO PAN FORJANDO VAIA PARA CONSEGUIR DOIS MINUTOS DE FAMA

INVESTIMENTO PÚBLICO CRESCE 33% EM 2007

"NÃO VI NENHUM DELITO QUE POSSA SER IMPUTADO A SILAS RONDEAU", DIZ TARSO GENRO

COM CHÁVEZ, O BRASIL CRESCEU EXPORTAÇÕES À VENEZUELA EM 562%

SUPREMA CORTE TRAZ SEGREGAÇÃO DE VOLTA ÀS ESCOLAS DOS EUA

LULA ORIENTA PT A NÃO TREPIDAR COM ARENGA GOLPISTA CONTRA RENAN

REELEGER LULA DE NOVO É VONTADE DA MAIORIA, DIZ PESQUISA DO PSDB

SEM NADA CONTRA RENAN, GOLPISTAS APELAM PARA QUE ELE SE ENFORQUE

MÍDIA GOLPISTA MUDA DE ACUSAÇÃO CONTRA PRESIDENTE DO SENADO

VOTO DO RELATOR ENTERRA ESCROQUERIA DA MÍDIA GOLPISTA CONTRA RENAN

PARA LULA, ATO DE NÃO RENOVAR A LICENÇA DA RCTV FOI DEMOCRÁTICO

OEA APROVA PROJETO DA VENEZUELA PARA DEMOCRATIZAR MÍDIA

"TEMOS QUE APRENDER A RESPEITAR AS LEIS DE CADA PAÍS", DIZ LULA

RENAN MOSTRA PROVAS DA TORPE ESCROQUERIA DE VEJA E SUAS FONTES

RENAN REFUTA CALÚNIAS E CONCLUI DISCURSO SOB APLAUSO DO SENADO

MÁFIAS ELIMINADAS POR LULA SÃO OS RESTOLHOS DO DESGOVERNO DE FHC

EMENDA 3 É AGRESSÃO AO MAIS PRIMÁRIO DOS DIREITOS TRABALHISTAS

LULA DIZ QUE RESPEITO À LEI MAIOR O IMPEDE DE CANDIDATAR-SE EM 2010

RECONHECIMENTO DAS CENTRAIS AMPLIFICA A DEMOCRACIA NO PAÍS

MANTEGA QUER REDUÇÃO DO "COMPULSÓRIO" PARA ACELERAR QUEDA DO JURO

 

CENTRAIS CONVOCAM A MOBILIZAÇÃO GERAL EM APOIO AO VETO DE LULA À "LEI DA ESCRAVIDÃO"

 

2.500.000 LOTAM RUAS E PRAÇAS EM SP PARA APROFUNDAR MUDANÇAS

 

COMPRA DA TIM CRIA MONOPÓLIO ILEGAL DA TELEFÔNICA NO BRASIL

"VAMOS GARANTIR A PRIMAZIA DO TALENTO SOBRE AS FORTUNAS"

PSDB, PFL, MP-SP, CPI E MÍDIA GOLPISTA ACOBERTARAM BINGOS

JURO NÃO CAI PORQUE MEIRELLES INSISTE EM TOMAR DE TODOS PARA DOAR AOS BANQUEIROS

INDEPENDÊNCIA ENERGÉTICA UNE AMÉRICA DO SUL

MEGA ENCOMENDA DE NAVIOS ATIVA MARINHA MERCANTE E ESTALEIROS

LULA: "OPOSIÇÃO QUER CRIAR CPI PARA ENTRAVAR A APROVAÇÃO DO PAC"

LULA DÁ TODO PODER À FAB PARA PÔR BIRUTAS DE AEROPORTO NA LINHA

LULA DIZ AOS EUA QUE RELAÇÃO BRASIL-IRÃ NÃO É DA ALÇADA DE BUSH

SENADO ISOLA BUSH E COMEÇA A VOTAR RETIRADA DO IRAQUE

 

 DIRETORES DO BC E FORÇAS OCULTAS DO MERCADO FLAGRADOS EM REUNIÃO SECRETA

 

TV PÚBLICA É DEMOCRACIA. MONOPÓLIOS DE MÍDIA SÃO SUA NEGAÇÃO

 

"VEJA" ABRE CRUZADA FASCISTA CONTRA REDE PÚBLICA DA TELEVISÃO

 

ANATEL ABRE A PORTEIRA PARA O CARTEL DAS TELES DOMINIAR A TV DO BRASIL

 

BUSH SAI DA AMÉRICA DO SUL MAIS ISOLADO DO QUE NA CHEGADA

 

BUSH NÃO QUER COMPRAR NOSSO ÁLCOOL, QUER AS NOSSAS USINAS

 

ÁLCOOL: EUA INVESTEM 2 BILHÕES DE DÓLARES PARA DESNACIONALIZAR A PRODUÇÃO DO BRASIL

 

SOLUÇO NA BOLSA DE NY E JURO INSENSATO DE MEIRELLES FAZEM CAIR BOLSA NO BRASIL

 

LULA CONVOCA TABARÉ A SE UNIR A HERMANOS E NÃO AO BIG BROTHER

 

LULA A MORALES: "ANTES DE SERMOS PRESIDENTES SOMOS COMPANHEIROS"

 

TURBA QUER COMBATER CRIMES LINCHANDO OS MONSTROS QUE CRIOU

 

LULA CONCLAMA O PT A MANTER O RUMO E "NÃO A ATIRAR NO PRÓPRIO PÉ"

 

PROMESSA DO COPOM DE MANTER JUROS ALTOS ACIRRA CRISE CAMBIAL

 

 LULA CORRIGE CONTAS DA PREVIDÊNCIA: "DÉFICIT" ERA SÓ TRUQUE CONTÁBIL

 

DRT EMBARGA OBRA NO BURACO DE SERRA

 

"CHAVEZ FOI ELEITO 3 VEZES DA FORMA MAIS DEMOCRÁTICA"

 

MEIRELLES TRAVA QUEDA DE JUROS PARA SABOTAR PLANO DE CRESCIMENTO

 

PAC: LULA ANUNCIA INVESTIMENTOS DE R$ 500 BILHÕES NO DESENVOLVIMENTO

 

OMISSÃO, GANÂNCIA E NEGLIGÊNCIA FIZERAM RUIR O TÚNEL DO METRÔ

 

SANHA PRIVATISTA GERA TRAGÉDIA NAS OBRAS DA LINHA 4 DO METRÔ-SP

 

LULA SUSPENDE A PRIVATIZAÇÃO DAS RODOVIAS FEDERAIS

 

EUA INTIMA FANTOCHES A VOTAR LEI DO ASSALTO AO PETRÓLEO IRAQUIANO

 

LINCHAMENTO DE SADDAM EXIBE MISÉRIA MORAL DE BUSH E SUA KLAN