Líderes da base definem fonte para assegurar mais R$ 10 bilhões para a Saúde

O líder do PT na Câmara, Maurício Rands (PT/PE), anunciou nesta terça-feira que a base aliada entrou em acordo para aprovar o Projeto de Lei Complementar 306/08, que regulamenta a Emenda 29, assegurando somente neste ano mais R$ 10 bilhões para a saúde pública. Para cobrir os novos gastos, os deputados vão propor a criação de um tributo sobre a movimentação financeira na votação da lei complementar.

“Não adianta dizer que os recursos para a saúde virão do aumento da arrecadação, que é circunstancial”, avaliou o líder do PT. “É preciso votar a criação de uma fonte de recursos permanente e sólida. A base aliada vai fazer todos os esforços não apenas para votar a regulamentação dos novos recursos da saúde, mas também, de forma responsável, para assegurar fontes para esses novos recursos”, disse, após reunião dos líderes na residência do deputado Jovair Arantes (GO), líder do PTB.

Segundo cálculos dos deputados, um imposto de 0,1% sobre a movimentação financeira geraria cerca de R$ 10 bilhões extras para a Saúde. Os líderes da base estudam também aumentar a taxação de impostos sobre bebidas e cigarros para complementar o aumento de recursos. A estimativa é que a regulamentação da Emenda 29 acrescente entre R$ 9 bilhões e R$ 12 bilhões ao orçamento da Saúde deste ano (fixado em R$ 48 bilhões).

Maurício Rands explicou que o aumento no IPI de cigarro e da bebida, setores que têm repercussão na saúde e nos gastos públicos do SUS, não seria suficiente para cobrir a despesa. A alternativa passou a ser a criação de uma contribuição permanente sobre movimentação financeira com uma alíquota mais restrita que a antiga CPMF.

Os deputados destacam que, apesar da Constituição Federal vetar ao Congresso a criação de novos impostos por considerar que é uma atribuição do Executivo, existe uma jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF) que abre caminho para a criação de contribuições por meio de lei complementar. “O consenso é que não há qualquer impedimento jurídico para a criação de um tributo por meio de lei complementar destinada exclusivamente à saúde”, afirmou o líder do PT.

A base aliada argumenta que, como a Emenda 29 foi aprovada no Senado sem a definição das fontes que garantiriam a vinculação de recursos para a saúde, os deputados precisam corrigir essa distorção. “Cabe, portanto, à Câmara, agora, regulamentar a Emenda 29 com responsabilidade, indicando a origem desses recursos para fazer face às despesas”, disse Rands.

 


Primeira Página

 

Página 2

BC açula especuladores com mais títulos da dívida atrelados à Selic

Para ministro da Agricultura, o Brasil não pode ficar nas mãos do cartel de fertilizantes

Líderes da base definem fonte para assegurar mais R$ 10 bilhões para a Saúde

PL-29 permitiria teles estrangeiras liquidarem a rádio e a tv brasileiras

Petrobrás anuncia nova descoberta no pré-sal

Serra recorre à Aneel para tentar entregar a Cesp aos estrangeiros

Ex-secretário afirma que Yeda sabia da fraude e determinou que não se mexesse no Detran

Expediente

Página 3

Álvaro Dias quebrou o decoro ao vazar e inventar “dossiê”

Nem oposicionista sustentou o assessor de Dias

José Aparecido desmente André Fernandes

Mídia fabrica queda de avião em São Paulo

Falácias contra a luta armada durante a ditadura

Governo só vai retirar a MP do aumento dos militares e civis após aprovação do projeto de lei

Juventude do PT de Minas condena aliança com Aécio

Página 4

Secretário sindical do PT: Reduzir juros, acelerar o desenvolvimento

Metroviários-SP preparam greve contra esmola e intransigência

Em assembléia, terça-feira, os metroviários da capital paulista aprovaram

Assembléia aprova luta pela revogação da Lei que limita falta médica a 6 por ano

Octacampeonato da Liga Mundial de Vôlei é novo objetivo de Bernardinho

Guga entra animado para a disputa em Roland Garros

Dino Sani, genial e genioso

Página 5

 

TCE aponta contratos irregulares entre Alstom e tucanos na compra de trens

 

Pane em trem da CPTM provoca novo caos em SP

 

Senador contrata advogado de caloteiros para mudar lei federal de direitos autorais

 

Em nota, Eletrobrás declara indignação com ataque a engenheiro em reunião sobre Usina Belo Monte

 

Presidente do Ibama assume prometendo rapidez e eficiência para liberar licenças

 

Cartas

 

Página 6

Advogados de Aziz são impedidos de comparecer ao tribunal-farsa 

Aziz a seus familiares: “Não se preocupem comigo, estou firme” 

Avião espia ianque invade o espaço aéreo da Venezuela  

Berlusconi quer tratar imigrantes como criminosos 

Banco Mundial recusa-se a dar apoio a flagelados de Myanmar   

EUA queria levar o seu socorro na ponta da baioneta 

Iraque: invasores praticam tiro ao alvo com o Alcorão 

A Argentina é um problema nosso

Página 7

A mudança está chegando aos EUA, anuncia Obama em Iowa

Pré-candidato Democrata prioriza fim à guerra no Iraque e geração de emprego entre as mudanças urgentes

Índios Crow apóiam em Montana a campanha do senador Barack Obama

Hillary vence em Kentucky; Obama ganha no Oregon. Senador sustenta favoritismo

Socialismo não permaneceu na URSS devido ao desvirtuamento do projeto, avalia Hugo Chávez

Jesse Jackson: Sucesso de Obama reflete o crescimento dos EUA

Terrorista residente em Miami repassa dinheiro a mercenários que atuam pró-império em Cuba

Página 8

28 de Maio: Centrais convocam Dia Nacional pela jornada de 40 horas 

Jornada menor aumenta salário e promove distribuição de renda

Redução da jornada não é ameaça à competitividade

28 de Maio: Dia de unidade e de luta por um Brasil melhor

Presidente do CNAB fará  palestra no Rio em homenagem ao 13 de Maio