Ex-guarda de Guantánamo detalha  crimes cometidos no campo de concentração

O soldado norte-americano Brandon Neely, que serviu por seis meses em Guantánamo, decidiu levar a público as barbaridades que viu e que participou na prisão dos EUA localizada em território cubano.

Brandon, que começou a trabalhar em Guantánamo em janeiro de 2002, revelou ao público aquilo que denominou de uma série de “violações dos direitos humanos” cometidas pelo Exército: a chegada dos detentos em jaulas, abuso sexual cometido por médicos, variados tipos de torturas, espancamentos brutais que deixavam o chão encharcado de sangue, desrespeito às práticas religiosas (fazer o detento comer carne de porco ou assistirem profanações do corão), detenção de crianças. Ele também presenciou a primeira greve de fome no local.

“As coisa que eu fiz e as coisas que eu vi eram simplesmente erradas”, disse à Associated Press.

O relato de Brandon, com mais de 15 mil palavras, detalhando as torturas, foi compilado pela Universidade da Califórnia no projeto “Testemunhos de Guantá-namo”. Outros guardas também tiveram seus depoimentos compilados.

Um deles, Sean Baker, descreveu em uma entrevista ao programa “60 Minu-tes” da rede CBS como foi agredido por outros soldados e teve de ser hospitalizado em um treinamento em janeiro de 2006 no qual ele vestiu uma roupa laranja para interpretar o papel de um detento. Terry C. Holdbrooks Jr. afirmou em uma entrevista ao site ‘Cage Prisioners’ que viu diversos abusos em Guantánamo em 2003, incluindo deten-tos sujeitos ao frio e colocados em locais com música extremamente alta.

Ao se pronunciar sobre o relato de Neely, o Pentágono tergiversou: “Nossa política é tratar os detentos humanamente”, afirmou Jeffrey Gordon, um porta-voz do Pentágono.

Neely afirmou que ele mesmo chegou a tomar parte em abusos como pegar um detento mais velho e pressionar seu rosto contra o cimento. Ele é atualmente o presidente em Houston da organização ‘Veteranos contra a Guerra’.  


Primeira Página

 

Página 2

Conselho afirma a Meirelles que juros extorsivos são inaceitáveis

Abílio Diniz: empresas usam a crise como pretexto para demitir

Para CNI: Copom precisa se ajustar e diminuir a Selic

Abdib: crédito continua escasso

Para juristas, ‘flexibilização’ é eufemismo para reduzir direitos dos trabalhadores

Balança reverte déficit e registra saldo positivo

Usina Angra 2 bate recorde de produção

União estuda criar estatal para construir e operar o trem-bala

Expediente

Página 3

Lula: “não é justo enviar dinheiro para fora e demitir trabalhador”

Aécio: a melhor forma de antecipar o candidato do PSDB é realizar prévias

Jarbas insulta PMDB por apoiar Lula

Condenados por roubo, estupro e estelionato são soltos pelo STF

Serra tenta pegar carona no PAC de Dilma Rousseff

Ministro arquiva ação contra a ABIN

Reforma política abre período para filiado mudar de partido

Para jurista, autoridades suíças não poderiam ter divulgado laudo

Racistas e xenófobos crescem e ganham espaços na Suíça

Página 4

Paraná recebe R$ 1 bilhão para incrementar agricultura familiar

Saúde recebe primeiro lote de genérico do coquetel antiaids produzido no país

Petrobrás investe na formação de oficiais da Marinha Mercante

O verdadeiro palanque de Dilma Rousseff

Carnaval: UMES leva às ruas de SP o bloco Caras Pintadas

CARTAS

Página 5

Centrais refutam fator previdenciário e cobram justiça às aposentadorias

Aumentos salariais de até 25% turbinam campanha dos operários da construção civil em João Pessoa

Metalúrgicos rechaçam demissões e falácias da Tecumseh em São Carlos

Servidores cobram de Serra a abertura de negociação e respeito à data-base em SP

Página 6

Itália: greve e manifestações em defesa dos direitos e do emprego

Rússia e Bolívia firmam acordos nas áreas energética e de defesa

Plano de Obama é aprovado no Congresso após enfrentamento com os republicanos

Israel foge do Fórum da ONU sobre racismo

Juristas denunciam as violações dos direitos humanos pelos EUA no Iraque e Afeganistão

Documentos comprovam que Pentágono orientou torturas 

Ex-guarda de Guantánamo detalha  crimes cometidos no campo de concentração  

Página 7

Venezuela aprova em referendodireito à reeleição sem restrição

Mesmo nos EUA, reeleição irrestrita prevaleceu da fundação até 1951

Kim Jong Il: 50 anos em defesa da reunificação da nação coreana

PIB do Japão encolheu 12,7% no 4º trimestre

O encontro com a presidente Bachelet 

Página 8

Benediktov: A URSS na época de Stalin e depois dele - (1) 

Leia

Sob pressão, BC recua juro outro pontinho e meio

Desnacionalização e gestão temerária sufocam a Embraer

Solução para a Embraer é voltar a ser do Estado

Febraban diz que reduz spread se a União pagar conta de inadimplentes

“Decisão do governo é não emprestar a quem desemprega”, diz Lula

Lula: “Eles cultivam o ódio dos de cima contra os de baixo” 

BC assalta 80 bi das reservas para ajudar bancos em Wall Street

Juros e pilantragem de múltis fazem produção industrial encolher 19%

Repatriamento de capital por múltis ameaça as contas externas do Brasil

Juro alto do BC é o fundamento do spread aloprado

Conselheiros do CDES pedem a antecipação da reunião do Copom

Meirelles recua debaixo de vara e reduz os juros em um pontinho

Centrais fecham com Lula ofensiva contra os juros, demissões e redução dos salários

Fiesp abre guerra contra os salários dos trabalhadores

BB paga R$ 4 bilhões para Votorantim ficar com o controle do BV

Juros e alarmismo midiático freiam a produção industrial

 Israel testa Obama com chacina contra palestinos em Gaza

Para Lula, juros têm que cair no começo de 2009

Para nababos da Vale, povo duro é a melhor receita contra a crise

“Toma o beijo da despedida, seu cachorro!”

Meirelles afronta o Brasil e não reduz taxa de juros para jogar país na crise

Alencar mantém BC sob pressão: “esses juros são anomalia”

Lula a Meirelles: “juro está além daquilo que o bom senso indica”

Montadoras almoçam os R$ 8 bi do crédito e mantêm ameaça de demitir trabalhadores

Meirelles diz que não aceita baixar juro para priorizar crescimento

Juro alto dissipa 29% da renda disponível no país, afirma Ipea

Procurador avalia que há provas para Daniel Dantas pegar um ano a mais que Al Capone

“Gasto público que precisa ser cortado é o juro”, diz Ipea

Meirelles quer que Brasil traia o compromisso com G-20 sobre redução do juro

China põe R$ 1 trilhão na infra-estrutura para crescer 9% em 2009

EUA responde à crise votando em massa na mudança

Fusão de Unibanco com Itaú torna mais anti-social sistema financeiro privado

Banqueiros põem o compulsório no bolso e dão uma banana ao crédito

Greve da Polícia Civil cresce e responde a Serra nas ruas de SP

Eleições em S. Paulo opõem integridade de Marta à dissimulação indecorosa de Kassab

Governador trai promessa e dá ordem para PM atacar policiais

Marta sobe porque é Lula. Kassab cai porque é oposição

Retratação de Gabeira reafirma preconceito contra “suburbanos”

Inauguração da P-51 é resposta do Brasil à crise

Eleições dão vitória aos aliados de Lula em todas as regiões

Lula pede a S. Paulo que vote em Marta: “temos as mesmas idéias e projetos”

Veto popular assusta republicanos e trava bailout de US$ 700 bi a especulador falido

Economia na mão de especuladores levou EUA à crise, diz Lula

Para Serra, Kassab é leal. Alckmin, não

Lula mobiliza PF para fechar nossa fronteira a terroristas da Bolívia

Kassab usa Ama para passar verba pública aos grupos privados

Com inflação em queda, BC eleva juro para afundar o Brasil em 2009

Comando do Exército desmente Jobim: “a maleta da Abin não serve para escutas”

Maleta não faz grampo, apenas a varredura, diz técnico da Abin

Quadrilha pró-Dantas acusa Abin de gravar seu truta no Supremo

Trabalhadores se unem e dão apoio unânime à Marta

China desbanca EUA da liderança olímpica

Tucanos vão ao STF para derrubar o piso salarial de professor

Magistrados armam barraco no Supremo

Lula convoca UNE a deflagrar campanha do ‘Pré-sal é Nosso!’

Kassab responsabiliza Alckmin por atrofia do Metrô-SP e vice-versa

BC faz do Brasil último peru com farofa em mesa de especulador, diz Delfim Netto

Alckmin tira o corpo fora e põe na conta de Serra o desastre da Linha 4 do Metrô

BC manipula previsão de crescimento para forçá-lo a despencar