Partido do Congresso da Índia derruba pesquisas e vence com folga a eleição

Por larga margem, o Partido do Congresso da Índia, o partido dos pais da independência Ghandi e Nehru, venceu as eleições e irá formar o novo governo. O Partido do Congresso obteve 206 votos e, com a coalizão “Aliança Progressista Unida” que liderou, mais adesões já anunciadas, terá os 272 votos no parlamento necessários para formar o novo governo. Em segundo lugar, ficou a oposição hinduísta, do Bharatiya Janata Party (BJP) com 158 votos, seguida pela Terceira Frente, encabeçada pelos comunistas, com 76 votos. A Quarta Frente e vários partidos regionais também elegeram representantes. O partido dos “Dalits”, o BSP, que integrou a Terceira Frente, já anunciou seu apoio ao Partido do Congresso. O novo governo deverá tomar posse no dia 2. A votação do Partido do Congresso aumentou em 61 cadeiras sua bancada no parlamento.

Com um eleitorado de mais de 700 milhões de pessoas, e um mês de duração, o pleito na Índia foi vencido pelo Congresso Indiano e sua coalizão em mais da metade dos distritos eleitorais e em todas as principais cidades, inclusive na capital. Também foi muito forte o apoio dos jovens, que são dois terços da população, e entre os 150 milhões de indianos muçulmanos. A política de apoio aos agricultores e renegociação das dívidas também granjeou votos no campo, que tem um peso muito importante no país. O primeiro-ministro Manmohan Singh tem reiterado que, para dar conta da atual crise, são necessários investimentos em larga escala, criação maciça de empregos e ampliar a demanda interna.


JAWAHARLAL NEHRU

É a primeira vez, desde Jawaharlal Nehru, em 1961, que um primeiro-ministro é reeleito depois de cumprir integralmente o primeiro mandato. O resultado contraria as pesquisas, que indicavam uma disputa apertada entre o Congresso e o BJP. A eleição foi marcada pela participação de Rahul Ghandi, o herdeiro político da família Nehru/Gandhi, que liderou o partido na disputa no estado de Utar Pradesh, onde Congresso avançou de 9 para 20 deputados, e em Bihar.

Com a crise econômica mundial batendo em cheio, os países vizinhos sob guerra ou conflitos – como o Paquistão, Afeganistão, Nepal e Sri Lanka -, a população, nas palavras de um analista, “voltou-se para o velho e testado Grande Partido”. Segundo país mais populoso do planeta com mais de 1 bilhão de habitantes e numeroso contingente de pobres, a Índia tem sido nas últimas décadas uma das nações de maior crescimento do mundo, desenvolveu setores de ponta, como a área nuclear, remédios e informática, e integra o chamado “Brics” (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) de países que estão se tornando potências mundiais. Nesse quadro, a campanha do BJP, tentando caracterizar o primeiro-ministro Singh como “fraco e molenga” não colou. Os partidos comunistas, que participavam do governo do Partido do Congresso, e haviam se afastado em discordância com o acordo nuclear entre a Índia e os EUA, também não conseguiram convencer o eleitorado de que seriam uma alternativa.                                                                                              A.P.

 


Primeira Página

 

Página 2

Ipea: há espaço para Selic cair a 7% e país gerar novos empregos

O holocausto de Itagiba, Simonal e outras abjeções

Brasil e China fortalecem comércio e cooperação

Em abril, 106.205 mil vagas com carteira assinada foram criadas

TSE rejeita campanha demo-tucana contra Lula e ministra Dilma

Aécio diz que chapa com José Serra “é uma grande piada”

Justiça Federal repele tentativa de Nabarrete de punir 134 juízes que apoiaram De Sanctis

Aumentam as denúncias e manifestações contra Yeda

Advogado de DD exalta Gilmar Mendes em artigo na “Folha”

BNDES empresta R$ 555,6 mi para Braskem exportar insumos

Maria Augusta

Expediente

Página 3

Lobby das 7 Irmãs fabrica CPI de olho na riqueza do pré-sal

Lula: “CPI contra a Petrobrás é no mínimo antipatriótico”

Presidente da Aepet: “querem manter o marco regulatório desvantajoso para o país”

“Oposição quer desmoralizar a empresa”, diz Paulo Bernardo

Guido Mantega: Receita não falou nada sobre imposto da Petrobrás

Cabral: “CPI não tem cabimento”

Estatal desmente mídia e oposição em nota

A CPI da Petrobrax e a tucanalhada

CPI um é gesto desesperado da oposição, afirma Berzoini

Página 4

Descarrilamento suspende trens para região metropolitana de SP

Sabesp está sob investigação por não tratar esgoto na Zona Leste

Forno de Minas é renacionalizada e anuncia a reabertura da fábrica

ARTIGO: A notícia que não estava lá

Pipeline: Procuradoria quer rever patente estrangeira automática

Nova semente da Monsanto vai sair 40% mais caro ao produtor

Cartas

Página 5

Centrais se mobilizam para manter o veto à Emenda 3

Operários da construção civil do Espírito Santo conquistam 4% de aumento real

“Querem paralisar a Petrobrás”, afirmam CUT e FUP, em nota

Movimentos sociais intensificam campanha para que a Embraer volte a ser controlada pelo Estado

Funcionários da USP garantem negociação após 14 dias em greve  

Página 6

“Partido Baas unifica as forças da Resistência ao invasor do Iraque”

Obama descarta enrolatória de Bibi Netaniahu e enfatiza justeza do Estado Palestino 

Uruguai homenageia Mario Benedetti, um dos maiores escritores da língua espanhola

Sri Lanka declara vitória sobre separatistas no norte

Argentina e Venezuela firmam acordos de suprimento de energia e tecnologia industrial e agrícola

Página 7

EUA: bancos estão entupidos com US$ 200 trilhões em derivativos

Só o JP Morgan Chase detém derivativos que equivalem a mais de cinco vezes o PIB dos EUA

Trabalhadores alemães fazem manifestação em Berlim em defesa dos empregos e dos salários

Partido do Congresso da Índia derruba pesquisas e vence com folga a eleição

Governo de Seul pechincha preço da ocupação com EUA

PIBs da França, Itália e Espanha caíram 3,2%; 5,9% e 2,9% no 1º trimestre, respectivamente

Stiglitz: “os países não sairão dessa crise pelas exportações”

Página 8

As informações do terceiro Censo de Capitais Estrangeiros no Brasil 

Leia

Múltis adquirem 30 calabares no Senado para zoar Petrobrás

União jogaria dinheiro fora se deixasse múlti faturar com o pré-sal

Para Gilmar Mendes, STF tem que se lixar para a voz do povo
Múltis querem mamar petróleo que Petrobrás descobriu no “pré-sal”

“Para quem no começo falava menas laranja é chique demais”

Bank of America e Citibank estão de pires na mão

PF indicia Dantas em cinco artigos do Código Penal

‘V. Exa. não está falando com os seus capangas do Mato Grosso’

Lula reduz o superávit primário e libera mais R$ 38 bi para investir

“País deve se basear na força do mercado interno”, afirma Lula

Empresas nacionais repelem portaria que estimula importação de máquinas usadas

BC usa “previsões” para frear queda da taxa básica de juros

Revolta contra os cupins financeiros conflagra Londres

Centrais querem mais emprego e menos juro para impedir tsunami de invadir nossa praia

Remessas ao exterior mantêm a escalada e vão a US$ 2,6 bilhões

Bancos propõem corte na renda da caderneta de poupança em prol do achaque ao Erário

Múltis drenam do país US$ 3,266 bilhões só em dez dias de março

Vale demite, reduz salários e distribui R$ 5 bi a acionistas

Sob pressão, BC recua juro outro pontinho e meio

Aumento do IDE agrava sangria de recursos do Brasil para fora

Desnacionalização e gestão temerária sufocam a Embraer

Solução para a Embraer é voltar a ser do Estado

Febraban diz que reduz spread se a União pagar conta de inadimplentes

“Decisão do governo é não emprestar a quem desemprega”, diz Lula

Lula: “Eles cultivam o ódio dos de cima contra os de baixo” 

BC assalta 80 bi das reservas para ajudar bancos em Wall Street

Juros e pilantragem de múltis fazem produção industrial encolher 19%

Repatriamento de capital por múltis ameaça as contas externas do Brasil

Juro alto do BC é o fundamento do spread aloprado

Conselheiros do CDES pedem a antecipação da reunião do Copom

Meirelles recua debaixo de vara e reduz os juros em um pontinho

Centrais fecham com Lula ofensiva contra os juros, demissões e redução dos salários

Fiesp abre guerra contra os salários dos trabalhadores

BB paga R$ 4 bilhões para Votorantim ficar com o controle do BV

Juros e alarmismo midiático freiam a produção industrial

 Israel testa Obama com chacina contra palestinos em Gaza

Para Lula, juros têm que cair no começo de 2009

Para nababos da Vale, povo duro é a melhor receita contra a crise

“Toma o beijo da despedida, seu cachorro!”

Meirelles afronta o Brasil e não reduz taxa de juros para jogar país na crise

Alencar mantém BC sob pressão: “esses juros são anomalia”

Lula a Meirelles: “juro está além daquilo que o bom senso indica”

Montadoras almoçam os R$ 8 bi do crédito e mantêm ameaça de demitir trabalhadores

Meirelles diz que não aceita baixar juro para priorizar crescimento

Juro alto dissipa 29% da renda disponível no país, afirma Ipea

Procurador avalia que há provas para Daniel Dantas pegar um ano a mais que Al Capone

“Gasto público que precisa ser cortado é o juro”, diz Ipea

Meirelles quer que Brasil traia o compromisso com G-20 sobre redução do juro

China põe R$ 1 trilhão na infra-estrutura para crescer 9% em 2009

EUA responde à crise votando em massa na mudança

Fusão de Unibanco com Itaú torna mais anti-social sistema financeiro privado

Banqueiros põem o compulsório no bolso e dão uma banana ao crédito

Greve da Polícia Civil cresce e responde a Serra nas ruas de SP

Eleições em S. Paulo opõem integridade de Marta à dissimulação indecorosa de Kassab

Governador trai promessa e dá ordem para PM atacar policiais

Marta sobe porque é Lula. Kassab cai porque é oposição

Retratação de Gabeira reafirma preconceito contra “suburbanos”

Inauguração da P-51 é resposta do Brasil à crise

Eleições dão vitória aos aliados de Lula em todas as regiões

Lula pede a S. Paulo que vote em Marta: “temos as mesmas idéias e projetos”

Veto popular assusta republicanos e trava bailout de US$ 700 bi a especulador falido

Economia na mão de especuladores levou EUA à crise, diz Lula

Para Serra, Kassab é leal. Alckmin, não

Lula mobiliza PF para fechar nossa fronteira a terroristas da Bolívia

Kassab usa Ama para passar verba pública aos grupos privados

Com inflação em queda, BC eleva juro para afundar o Brasil em 2009

Comando do Exército desmente Jobim: “a maleta da Abin não serve para escutas”

Maleta não faz grampo, apenas a varredura, diz técnico da Abin

Quadrilha pró-Dantas acusa Abin de gravar seu truta no Supremo

Trabalhadores se unem e dão apoio unânime à Marta

China desbanca EUA da liderança olímpica

Tucanos vão ao STF para derrubar o piso salarial de professor

Magistrados armam barraco no Supremo

Lula convoca UNE a deflagrar campanha do ‘Pré-sal é Nosso!’

Kassab responsabiliza Alckmin por atrofia do Metrô-SP e vice-versa

BC faz do Brasil último peru com farofa em mesa de especulador, diz Delfim Netto

Alckmin tira o corpo fora e põe na conta de Serra o desastre da Linha 4 do Metrô

BC manipula previsão de crescimento para forçá-lo a despencar