OAB SP condena assassinato

“A Advocacia paulista repudia e está consternada com mais esse crime, que ceifa prematuramente a vida de um colega”, afirmou o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção de São Paulo, Luiz Flávio Borges D’Urso, condenando o assassinato do advogado e presidente do PPL do Guarujá.

Segundo D’Urso, “a Comissão de Acompanhamento de Inquéritos dos Advogados Vítimas de Homicídio da OAB SP irá acompanhar o caso para que cheguemos à autoria e motivação desse crime com a maior presteza possível”.

O presidente da entidade relembrou ainda que no ano passado também foi assassinado no Guarujá o advogado e vereador, Luiz Carlos Romazzini.


Capa
Página 2
Página 3

Juro no BB pode cair para até 2% ao mês e taxas na CEF a 4%

Procuradoria-geral da República recorre ao STF para que crimes de Dantas não fiquem impunes

Lula sai do hospital e em breve retoma vida normal  

O primo mais esperto de José Serra (IV)

Deputado já tem 136 apoios para criar a CPI das ligações entre contraventor e políticos   

Emenda que institui monopólio dos grandes partidos começa a ser apreciada pelos senadores

Eduardo Braga deve ser novo líder

Página 4 Página 5 Página 6

   Produção industrial da argentina cresceu 6,5%

  
   
Congresso egípcio pede saida do embaixador israelense do país

 

  

Página 7

   EUA: sistema arcaico de registro pode anular milhões de votos em novembro

   Grampeadores a serviço de Murdoch voltam para cadeia

Página 8