Repórter que humilhou entrevistado na Bahia é indiciada

O Ministério Público Federal na Bahia MPF/BA pediu representação à Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão contra a repórter da TV Bandeirantes, Mirella Cunha, por ter ridicularizado um entrevistado durante reportagem do programa “Brasil Urgente” na Bahia. Numa reprodução da teoria da grande mídia, a repórter acusa o suspeito, indiferente de provas, ou respeito aos seus direitos.

Durante toda a reportagem a repórter pré-julga o suspeito, acusando-o de ter tentado estuprar a vítima. Mesmo o suspeito tendo confessado o assalto e negado o estupro categoricamente a repórter afirmava: “Você não estuprou mas queria estuprar!”

A repórter faz piadas com o fato de o detido, ter confundido exame de corpo delito com exame de próstata, além de debochar dos erros de português do acusado.

A humilhação ao acusado continua quando a reportagem se encerra e o programa continua no estúdio da emissora. O apresentador Uziel Bueno insinua com dois dedos que vai fazer o exame de próstata em Paulo Sérgio. Depois, com uma folha de sulfite enrolada simulando um pênis, repete as provocações.

A emissora chegou a anunciar a demissão da repórter, porém, nada foi pronunciado com relação ao apresentador.

O caso gerou indignação de diversos jornalistas baianos. Um manifesto, assinado por mais de 1000 jornalistas condena o tipo de jornalismo apresentado.

“A reportagem de Mirella Cunha, no interior da 12ª Delegacia de Itapoã, e os comentários do apresentador Uziel Bueno, no estúdio da Band, afrontam o artigo 5º da Constituição Federal: “É assegurado aos presos o respeito à integridade física e moral”. E não faz mal reafirmar que a República Federativa do Brasil tem entre seus fundamentos “a dignidade da pessoa humana”. Apesar do clima de barbárie num conjunto apodrecido de programas policialescos, na Bahia e no Brasil, os direitos constitucionais são aplicáveis, inclusive aos suspeitos de crimes tipificados pelo Código Penal”, destaca o documento.

“Sob a custódia do Estado, acusados de crimes são jogados à sanha de jornalistas ou pseudojornalistas de microfone à mão, em escandalosa parceria com agentes policiais, que permitem interrogatórios ilegais e autoritários, como o de que foi vítima o acusado de estupro Paulo Sérgio, escarnecido por não saber o que é um exame de próstata, o que deveria envergonhar mais profundamente o Estado e a própria mídia, as peças essenciais para a educação do povo brasileiro”, ressalta o texto.


Capa
Página 2

Desnacionalização faz retroceder indústria e abala contas externas

Mantega: bancos privados têm que reduzir os juros

Fiesp: atividade industrial recua 0,3% em abril 

Presidente Dilma eleva tarifa para inibir as importações predatórias

Dono da Johnnie Walker leva cachaça Ypióca

Fundo dos EUA adquire 100% da churrascaria Fogo de Chão

Primarização da pauta de exportação continua alta. Só Secex vê o contrário

Telmex/AT&T domina 54,2% da TV paga no Brasil, diz Anatel

Expediente

 

 

 
 


 

Página 3

Tour de Gilmar e Demóstenes pela Europa é mistério a ser explicado

Gilmar utilizou os serviços do araponga de Cachoeira

Lula desmente Veja: “meu sentimento é de indignação”

“Não se falou nada disso”, disse o ex-ministro Jobim

Assessor de Cachoeira complica Marconi Perillo

PPL apresenta seu primeiro programa de rádio e TV

PPL: Os seis pontos para o Brasil avançar e se desenvolver

Dilma faz vetos e mudanças no projeto do Novo Código Florestal que foi desvirtuado na Câmara 

Ministro do STJ rejeita ação de improbidade contra 15 pessoas citadas na farsa do “mensalão”

Página 4

MPT cobra de Shell e Basf R$ 1 bi por contaminações em Paulínia

Repórter que humilhou entrevistado na Bahia é indiciada

Carta aberta dos cientistas brasileiros à presidenta da República Dilma Rousseff: Mudanças climáticas: hora de recobrar o bom senso

CARTAS

Página 5

 

 

Página 6

Praça Tahrir rejeita fraude e exige premiê de Mubarak fora do 2º turno

Jogador da seleção palestina mantido em cárcere de Israel, sem julgamento há 3 anos

Israel: apartheid e chantagem nuclear (V)

Rússia denuncia ‘tortura até a morte’ de civis por grupos armados apoiados pelos EUA

Fatah e Hamas se reúnem no Cairo para definir governo de união e eleições

 

Página 7 Página 8

Lembranças de 1964: o Brasil, o golpe de Estado e a verdade (3)