Foxconn fecha fábrica em Manaus e demite 300 trabalhadores 

A Foxconn, multinacional taiwanesa, anunciou na última sexta-feira o fechamento da fábrica de produção de peças plásticas na Zona Franca de Manaus. O fechamento da unidade levou à demissão de 300 funcionários.

A empresa, que ficou mundialmente conhecida pelos exorbitantes índices de suicídios entre seus funcionários, diz ter perdido mercado após o governo federal ter alterado, em junho deste ano, regras de obrigatoriedade para conteúdo nacional nos aparelhos,

O governo brasileiro mudou o PPB (processo produtivo básico), que é a porcentagem mínima de conteúdo nacional na produção de componentes para celulares, dispensando etapas de produção previstas antes em Manaus. 


Capa
Página 2
Página 3 Página 4 Página 5 Página 6 Página 7 Página 8