Para Fiesp, com decisão do Copom, PIB fica abaixo de 2%

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) divulgou nota condenando a nova alta da taxa básica de juros e o desdobramento da decisão do Banco Central (BC) na expectativa da entidade de crescimento da economia em 2013.

“A medida levará a uma nova revisão para baixo nas expectativas de crescimento do PIB em 2013, que pode ficar abaixo de 2%”.
Segundo Paulo Skaf, presidente da Fiesp e Ciesp, “O governo precisa aumentar a eficiência da máquina, e ser capaz de fazer mais pelas pessoas”, diz.

Para a Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores, o retorno da Selic aos patamares de maio de 2012 penalizará os setores produtivos do país. “Os juros altos apenas fazem retrair a intenção de investimento no setor produtivo, desviando, de forma indesejável, o capital para o investimento financeiro e elevando o custo das empresas”, diz a entidade.

“Em vez do remédio amargo dos juros, esperamos que as reformas estruturais necessárias saiam do papel e venham tempestivamente em socorro do empresariado, para que as dificuldades enfrentadas não prejudiquem ainda mais a indústria, os agentes de distribuição, o varejo e o trabalhador”, afirmou a nota da entidade.


Capa
Página 2
Página 3

Trabalhadores ampliam a voz das ruas para o Brasil crescer

Amorim: Brasil está vulnerável à espionagem

Fernando Brito: o MP falhou e se omitiu no sumiço do processo de sonegação da Globo

Royalties para Educação e Saúde: Câmara rejeita mudanças do Senado e repõe verbas

Siqueira: a lei não prevê a tabela que a ANP criou para o pre-sal

Requião: a Bozz Allen planejou programas para o governo FHC

Página 4 Página 5 Página 6

Rússia exibe provas do uso de gás sarin pelos mercenários na Síria

Egito: premiê assume propondo cortar subsídios a alimentos e gás de cozinha

Cristina: “Estado é fundamental para reerguer a economia da Argentina”

Centrais sindicais gregas convocam greve geral contra a demissão massiva no setor público

   “Submissão de Peña Nieto a EUA joga o povo na miséria”

Ex-ministro chinês condenado a pena de morte por corrupção

 

Página 7 Página 8

Tancredo e a emancipação do Brasil

Publicidade