Resultado da balança comercial em agosto é o pior em 18 anos

A balança comercial brasileira encerrou agosto com déficit de US$ 3,76 bilhões no acumulado de 2013, divulgou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), na segunda-feira (02).

O resultado é o pior para o período em 18 anos. Em 1995, o déficit havia sido de US$ 4,12 bilhões.

De janeiro a agosto as exportações somaram US$ 156,65 bilhões, com média diária de US$ 932 milhões e queda de 3% frente a igual período do ano passado.

As importações, ao mesmo tempo, totalizaram US$ 160,41 bilhões. A média diária das compras feitas no exterior foi de US$ 954 milhões e 5,7% maior que o período em 2012.

Somente em agosto, as exportações menos importações registraram US$ 1,22 bilhão.

Apesar do resultado ser superavitário, este foi o pior saldo positivo para o mês desde 2001 – quando foi registrado superávit de US$ 634 milhões. Sobre agosto do ano passado, quando o superávit foi de US$ 3,22 bilhões, a queda foi de 61,9%.

As exportações no mês passado somaram US$ 21,42 bilhões (sem variação), enquanto as importações totalizaram US$ 20,19 bilhões, uma alta de 10,2% sobre agosto de 2012.

As exportações mensais foram sustentadas pelos produtos básicos, cujas vendas externas cresceram 2,9% na comparação com agosto de 2012, segundo o critério da média diária. Os produtos de maior valor agregado, no entanto, continuaram a registrar retração, com as vendas de manufaturados registrando recuo de 3,5%.

Quanto às importações, a aquisição de combustíveis e lubrificantes encabeçou o crescimento, com acréscimo de 41,4% sobre o mesmo mês do ano passado.

O déficit da balança comercial - agravada com a desnacionalização e a importação desenfreada pelas multinacionais - é um dos principais fatores do elevado rombo nas contas externas do país. Segundo o Banco Central, o déficit nas transações correntes em julho atingiu US$ 9,018 bilhões, acumulando nos sete meses US$ 52,472 bilhões de saldo negativo em 2013.


Capa
Página 2
Página 3

Dilma foi espionada pelos EUA, revelam documentos

Leilão de Libra: um crime contra o desenvolvimento, a soberania nacional e as condições de trabalho (FUP)

FUP convoca ato contra o leilão de Libra no pré-sal

STF mantém injustiça e condenação de Dirceu

Cabral diz que não há definição sobre sua saída do governo

Donadon: Alves diz que vai pedir urgência ao Supremo

Globo: a defesa do apoio ao golpe e à ditadura

Fuga de Molina da embaixada brasileira foi um fato grave, reitera Dilma para Evo

Página 4 Página 5 Página 6

Mexicanos rechaçam a privatização da Pemex

   Central dos servidores gregos convoca greve nacional contra demissões para atender Troika

Greve nacional na Colômbia tem primeiras vitórias

Centrais marcam greve contra aumento do tempo de contribuição para aposentadoria

PIB da Espanha tem recuo pelo oitavo trimestre

Tribunal Constitucional de Portugal rejeita lei que facilita demissões em massa no país

Provocações EUA/Coreia do Sul sabotam esforços de paz

Página 7 Página 8

O baixo investimento e o massacre da indústria nacional de bens de capital