CMB reafirma apoio à vinda de médicos estrangeiros

A Confederação das Mulheres do Brasil (CMB) reafirmou em nota o seu apoio ao programa “Mais Médicos”.

“Não suportamos mais a atual situação e estaremos acompanhando a implantação do p rograma Mais Médicos que garantirá médicos(as) para os municípios do interior e para as periferias das grandes cidades. É preciso aumentar a oferta de mão-de-obra e o importante é salvar as vidas de nossos filhos, pais, mães, companheiros, amigos, parentes. A primeira condição para um atendimento ter qualidade é acontecer quando e onde é necessário. Não existe humanização da saúde sem essa prioridade básica assegurada”, afirma.

A entidade relembra o empenho das mulheres brasileiras para a implantação do Programa Saúde da Família e que o modelo adotado por Cuba, país de origem da maioria dos profissionais do Mais Médicos, foi tido como exemplo.

“Ajudamos a organizar a visita de dezenas prefeitos, secretários de Saúde e lideranças populares a Cuba, bem como, a promover a celebração dos primeiros convênios de Prefeituras que trouxeram equipes de Saúde da Família da Ilha para apoiar a implantação do sistema aqui. Foram derrotados todos os atrasos e o que prevalece até hoje é riqueza e ampliação dessas experiências a favor da população e o fortalecimento da solidariedade entre os povos” aponta a nota de por Gláucia Morelli, presidente da entidade.


Capa
Página 2
Página 3

Dilma foi espionada pelos EUA, revelam documentos

Leilão de Libra: um crime contra o desenvolvimento, a soberania nacional e as condições de trabalho (FUP)

FUP convoca ato contra o leilão de Libra no pré-sal

STF mantém injustiça e condenação de Dirceu

Cabral diz que não há definição sobre sua saída do governo

Donadon: Alves diz que vai pedir urgência ao Supremo

Globo: a defesa do apoio ao golpe e à ditadura

Fuga de Molina da embaixada brasileira foi um fato grave, reitera Dilma para Evo

Página 4 Página 5 Página 6

Mexicanos rechaçam a privatização da Pemex

   Central dos servidores gregos convoca greve nacional contra demissões para atender Troika

Greve nacional na Colômbia tem primeiras vitórias

Centrais marcam greve contra aumento do tempo de contribuição para aposentadoria

PIB da Espanha tem recuo pelo oitavo trimestre

Tribunal Constitucional de Portugal rejeita lei que facilita demissões em massa no país

Provocações EUA/Coreia do Sul sabotam esforços de paz

Página 7 Página 8

O baixo investimento e o massacre da indústria nacional de bens de capital