Manifestantes devolvem à Globo o que ela joga no povo

O segundo ato pela democratização da mídia reuniu, em frente ao prédio da Rede Globo, em São Paulo, cerca de 600 pessoas na noite da última sexta-feira (30). Organizado por inúmeras entidades, como a UNE, Levante Popular da Juventude e Centro de Estudos Barão de Itararé, a manifestação denunciou a Rede Globo pelo desserviço à informação, monopolização da mídia e os bilhões de impostos sonegados pela emissora.

]Os manifestantes atiraram esterco em um letreiro da emissora em seu principal portão de acesso. “Devolvemos à Globo a merda que ela joga no povo brasileiro todo dia em seus telejornais”, explicou Juliane Furno, militante do Levante Popular da Juventude.

A placa da ponte Octávio Frias de Oliveira (falecido dono do jornal Folha de São Paulo), foi mais uma vez rebatizada com o nome do jornalista Vladimir Herzog, cruelmente assassinado pela ditadura militar.

As manifestações também foram realizadas em frente à emissora também no Rio de Janeiro, Sergipe, Salvador, Paraíba, Porto Alegre, Santa Maria e Belém.

“A Globo é o símbolo da ditadura da comunicação. Nossos protestos contra a Rede Globo colocam em pauta a necessidade da democratização da mídia, para acabar com o monopólio da informação e da cultura”, afirmou Thiago Pará Wender, diretor da União Nacional dos Estudantes (UNE).


Capa
Página 2
Página 3

Dilma foi espionada pelos EUA, revelam documentos

Leilão de Libra: um crime contra o desenvolvimento, a soberania nacional e as condições de trabalho (FUP)

FUP convoca ato contra o leilão de Libra no pré-sal

STF mantém injustiça e condenação de Dirceu

Cabral diz que não há definição sobre sua saída do governo

Donadon: Alves diz que vai pedir urgência ao Supremo

Globo: a defesa do apoio ao golpe e à ditadura

Fuga de Molina da embaixada brasileira foi um fato grave, reitera Dilma para Evo

Página 4 Página 5 Página 6

Mexicanos rechaçam a privatização da Pemex

   Central dos servidores gregos convoca greve nacional contra demissões para atender Troika

Greve nacional na Colômbia tem primeiras vitórias

Centrais marcam greve contra aumento do tempo de contribuição para aposentadoria

PIB da Espanha tem recuo pelo oitavo trimestre

Tribunal Constitucional de Portugal rejeita lei que facilita demissões em massa no país

Provocações EUA/Coreia do Sul sabotam esforços de paz

Página 7 Página 8

O baixo investimento e o massacre da indústria nacional de bens de capital