Dilma faz de tudo para agradar Obama e nega asilo a Snowden

A presidente Dilma Rousseff insistiu em negar que o ex-consultor da Agência de Segurança Nacional (NSA) americana Edward Snowden, atualmente asilado na Rússia, tenha solicitado asilo formal ao Brasil. "Não temos nenhum registro e não foi pedido este asilo", disse, durante jantar no Palácio da Alvorada um seleto grupo de correspondentes estrangeiros.

Em entrevista domingo (1º) ao programa "Fantástico", da Rede Globo, ex-agente reafirmou que pediu o asilo político ao governo brasileiro. O pedido, segundo Snowden, foi mandado quando ele estava retido no aeroporto de Moscou.

"Eu adoraria morar no Brasil. De fato, eu já pedi asilo ao governo brasileiro. (...) Quando eu estava no aeroporto, mandei um pedido a vários países. O Brasil foi um deles. Foi um pedido formal", disse.

Na entrevista aos correspondentes estrangeiros, Dilma também aproveitou a oportunidade para bajular o presidente dos EUA, Barack Obama, que ordenou a espionagem em computadores da Petrobrás e interceptações telefônicas de diversos governantes mundo afora, entre eles a própria Dilma Rousseff, denunciadas pelo ex-agente da NSA.

Ela se declarou inclinada a remarcar a visita de Estado que faria a Washington em outubro do ano passado, mas que foi cancelada em virtude do mal estar criado pelas revelações sobre a bisbilhotagem dos EUA. "Estamos na fase do namoro, talvez noivado, não de casamento", revelou, ao comparar sua disposição de reagendar a visita a um casamento.

"Tenho uma relação com (o presidente americano Barack) Obama de muito respeito e muito qualificada", continuou Dilma.

"Temos uma parceria forte, estratégica com os Estados Unidos, e tenho muito respeito pelo Obama", acrescentou. Dilma receberá no dia 17 de junho, em Brasília, o vice de Obama, Joe Biden – que assistirá no dia anterior à estreia da equipe americana na Copa.


Capa
Página 2
Página 3

PNAD Contínua derruba versão do governo sobre desemprego

Eduardo: “é preciso rever o fator previdenciário que achata indevidamente as aposentadorias”

Lula avalia que Dilma espantou os empresários e cobra dela mais esforço para reaproximá-los 

Aécio nega que seja usuário de cocaína

Skaf avisa Dilma que PT será adversário em SP

Dilma faz de tudo para agradar Obama e nega asilo a Snowden

Espionagem: investigação de José Eduardo Cardozo não andou após um ano

Página 4 Página 5

SP: metroviários recusam reajuste abaixo de 10% e entram em greve

Brasil x Panamá: mais um show de Neymar

Professores conquistam incorporação de abono

Dilma é recebida com protesto de servidores durante visita ao Rio

Policiais Militares de SP fazem manifestação contra proposta do governo de reajuste zero

IBGE: servidores denunciam descaso do governo durante ato no centro do R. de Janeiro

Página 6

Figuras e figurinhas em 1964: antes e depois do golpe contra o Brasil (16)

Página 7 Página 8

Sírios reelegem o presidente Assad com 88,7% dos votos

Espanhóis exigem respeito à Constituição que determina referendo sobre monarquia

Nem com tsunami de dólares EUA evita elevação do déficit comercial

União Patriótica afirma apoio a Santos no segundo turno: "pelo fim do conflito armado na Colômbia"

“Novo governo cimenta a unidade palestina contra ocupação”, afirma Barghouti

Eleito presidente, El Sisi assume governo no Egito

P.O.W. trocado por Obama é desertor e odiava a guerra