Economia chinesa cresceu 7,4% e a indústria teve incremento de 8,3%

 

  A economia da China cresceu 7,4% em 2014, revelou o Bureau Nacional de Estatísticas chinês, o que continua fazendo da China o país com a maior contribuição para o crescimento do PIB no mundo. Mesmo sendo o menor crescimento dos últimos 24 anos, essa taxa é bastante superior ao ritmo das economias dos EUA, Europa e Japão – que se arrastaram, ou até encolheram, no ano passado.

  Conforme a instituição de estatística chinesa, a produção industrial cresceu 8,3% no ano passado, enquanto os investimentos em ativos fixos aumentaram 15,7%, puxados principalmente pelos investimentos em infraestrutura, que tiveram alta de 20,3%. Também o consumo teve uma expressiva alta, com aumento de 12% nas vendas no varejo. As vendas online cresceram notáveis 49,7%. Já o investimento em construção aumentou 10,5%.

  A renda média disponível para os cidadãos nas cidades cresceu 10% em 2014, para 20.167 yuans, equivalentes a US$ 3.241,71. No campo, foi ainda maior, de 11,2%. A força de trabalho encolheu em 3,7 milhões, para 916 milhões de trabalhadores(-0,004%).

  Desde a crise de 2008, o governo chinês vem redirecionando a economia, das exportações para um crescimento sustentado no mercado interno, e para isso promoveu enormes investimentos em infraestrutura e aumentos salariais, estratégia que tem se mostrado adequada. Agora em novembro, o BC chinês reduziu a taxa básica de juros pela primeira vez em dois anos, para estimular a economia, o que também será feito através dos novos projetos, no valor de 1 trilhão de yuans, que foram aprovados pelo governo de Pequim.

  Dados da Xinhua sobre o setor imobiliário mostram problemas à frente para serem enfrentados pelas autoridades econômicas chinesas. Apesar do crescimento de 10,5% nos investimentos em imóveis e de mais de 1,2 bilhão de metros quadrados de edifícios comerciais vendidos no ano passado, o estoque de áreas comerciais não vendidas cresceu de 130 milhões de metros quadrados em 2013 para 620 milhões em 2014. Também o índice de preços de residências em dezembro caiu em 66 das 70 maiores cidades, em relação a um ano antes.


Capa
Página 2
Página 3

‘Propina na Petrobrás é execrável e envolvidos têm que ser presos’

Para deputado Sibá Machado, é interesse do trabalhador ter seus direitos cortados

Empreiteira do Clube do Bilhão tenta escapar da punição pedindo afastamento do juiz Moro

Vice do PT contesta críticas da Fundação Perseu Abramo e diz que Joaquim Levy é um ser superior

Irmão de Eduardo Campos estranha que jornal tenha acessado investigações da Aeronáutica

Entre os lacaios (Lênin)

Maluf: “Chinaglia é homem muito honesto. Voto nele” 

Página 4 Página 5

Contra traições de Dilma, Centrais convocam Dia Nacional de Lutas

Dirigente da CUT/RS inclui redução dos juros na pauta dos trabalhadores

Para sindicalistas, veto à correção do IR é confisco ao salário dos trabalhadores

Aeronautas e aeroviários iniciam paralisações diárias por reajuste

Polícia interdita Contax por violações trabalhistas no PE

Bancários defendem Caixa 100% pública

 

Página 6

Tsipras: "Vamos afastar os que conduziram o país à catástrofe"

Mexicanos denunciam o governo por abafar crime contra os 43 estudantes

"Este rapaz juntou pistas falsas e informações distorcidas"

Evo inicia novo mandato: "Vamos consolidar revolução com conquistas na produção e justiça"

Relatório da Oxfam subestima desigualdade no planeta

Boko Haram: o braço armado para desestabilizar a Nigéria (II)

Síria: ataque terrorista em Homs mata 5 civis e fere 70

Página 7

 Obama promete no Congresso tudo o que sabe que não passa

    Iêmen: capacho pró-EUA escapa por agora de andar na prancha

   
Economia chinesa cresceu 7,4% e a indústria teve incremento de 8,3%

    "Liberdade de expressão" na França: piada com Charlie dá cadeia e insulto à fé islâmica é chique

  
 Alemanha acelerou em 2014 o repatriamento de sua reserva de ouro sob custódia dos EUA

    RPDC conclama nação coreana à reunificação pacífica e independente
 


   
 

 



  

Página 8

O nascimento da República e os jabutis em cima das árvores (4)