SP: Geraldo Alckmin corta o leite de 37 mil crianças

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), mudou o critério na distribuição do projeto Viva Leite, que distribui 15 litros de leite por mês à famílias mais carentes no estado. Com a alteração, 37 mil crianças foram excluídas do programa, de um total de 353 mil crianças beneficiadas no programa.

Anteriormente, o programa garantia 15 litros de leite ao mês aos beneficiados e atendia crianças de seis meses a seis anos e 11 meses de idade. Porém, após a mudança no critério, desde o dia 1 de julho, passou a atender apenas as crianças de um a cinco anos e 11 meses.

O corte foi anunciado pela Secretaria de Desenvolvimento Social às prefeituras, que são responsáveis pela distribuição. A secretaria sofreu um congelamento de 10% da verba neste ano, porém, nega que o corte de leite tenha relação com a falta de dinheiro.

O secretário de Desenvolvimento Social do governo Geraldo Alckmin (PSDB), Floriano Pesaro, afirmou que a decisão de reduzir a faixa etária dos beneficiários do projeto Viva Leite foi “técnica”.

Pesaro disse que ela se fundamenta no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), pelo qual as crianças de seis anos matriculadas já recebem alimentação suplementar nas escolas. O secretário afirmou ainda que o corte do leite para bebês de até um ano visa incentivar o aleitamento materno.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), o consumo de leite na faixa etária dos seis anos é tão importante quanto nas outras. “Possivelmente o governo precisou fazer o corte e optou pela maior faixa etária”, afirma o pediatra Tadeu Fernandes, presidente do departamento de pediatria ambulatorial da entidade.

“Mas essas crianças são carentes, a desnutrição está presente, e o leite é uma fonte de vitaminas e, principalmente, de cálcio e proteínas. Ele ajuda no crescimento, na formação óssea e no desenvolvimento cognitivo”, completou o presidente.


Capa
Página 2
Página 3

MP dilmista corta salário e aprofunda recessão no país

Emissário da campanha de Dilma me pediu para trazer R$ 20 milhões de volta ao Brasil, diz doleiro

Pessoa, da UTC, entregou à Justiça tabela de doações à campanha da reeleição dilmista

PPL: “Dilma declarou guerra ao país”

Segundo aliados, Cid e Ciro estão próximos de filiar-se ao PDT

Para engenheiro, plano de Dilma e Bendine para desinvestir Petrobrás não tem diferença do PL de Serra

Musa da mandioca obedece aos EUA e vota contra a Síria

Página 4 Página 5

ABC: metalúrgicos da Mercedes dizem ‘Não!’ à redução salarial

RJ: trabalhadores protestam contra demissões e fechamento do estaleiro Mauá, em Niterói

Comemoração ao 2 de julho reúne milhares na Bahia e professores realizam ato contra cortes do governo

Alckmin deve pagar salários dos docentes grevistas, determina STF

Abimaq-MG: Setor de máquinas e equipamentos pode demitir mais de 9 mil até o final do ano

Fiat: Mais 1200 trabalhadores em férias coletivas em Taubaté

ESPORTES

Página 6

Assange: “TISA é instrumento de monopólios contra democracia”

Odessa: governador indicado pela junta de Kiev terá os salários pagos pelos Estados Unidos

Wikileaks denuncia que Dilma foi grampeada por EUA até a bordo do avião presidencial

Arrocho para pagar banca mergulha Porto Rico no caos e na recessão. FMI recomenda mais cortes

Chile: greve de professores contra ensino privatizado passa de 30 dias

A verdade ainda que tardia: a descoberta dos arquivos do terror na Guatemala - II

Página 7

Grécia enfrenta chantagem de Merkel e dá rotundo ‘Não’ à Troika
 

 
  Milhares foram às ruas em apoio à Grécia nas principais cidades da União Europeia

   Piketty: ’Alemanha nunca pagou suas contas e não pode dar lições a ninguém’

   Diretora do FMI: “os idosos vivem demais e são um perigo”

 
  Honduras: 100 mil nas ruas de Tegucigalpa exigem renúncia do presidente Juan Orlando

Fidel a Tsipras: “Foi uma brilhante vitória política”


   Raúl: “Valente política do governo grego conta com apoio majoritário”

 

Cristina Kirchner: “referendo da Grécia marca a vitória da democracia e da dignidade”

Evo Morales saúda ‘o início da libertação do povo grego da política imperial do FMI’

 

Página 8

Governo anuncia mais aumentos para as tarifas de energia elétrica