Casos de sífilis aumentam em 13 estados brasileiros

Os casos da doença sífilis aumentaram em 13 dos 14 estados do Brasil que têm dados disponíveis sobre a sífilis adquirida, aquela que a transmissão ocorre por meio de relações sexuais e não pela transmissão da mãe para o bebê.

O crescimento da doença, porém, não tem relação com o desabastecimento da droga e sim com o descuido no uso da camisinha, e a falta de campanhas de prevenção da doença, segundo a opinião de especialistas.

Na comparação entre 2013 e 2014, os estados que registraram aumento foram Acre (96,1%), Pernambuco (94,4%), Paraná (63,1%), Tocantins (60%), Bahia (47%), Santa Catarina (34,1%), Distrito Federal (22%), Mato Grosso do Sul (6%), Mato Grosso (4,1%) e Sergipe (3,8%).

No Espírito Santo e no Rio Grande do Norte, que têm dados disponíveis só até 2013, o aumento registrado entre 2012 e 2013 foi de, respectivamente, 31% e 31,5%.

O aumento  de infecções chegou a 603% no estado de São Paulo, onde os casos passaram de 2.694 para 18.951 entre 2007 e 2013. A maior parte dos estados, porém, não tem registros tão antigos.

SÍFILIS CONGÊNITA

Já os casos de sífilis em gestantes e bebês que foram infectados por suas mães (sífilis congênita) têm sido registrados em todo o país há mais tempo. Segundo o Ministério da Saúde, de 2005 a 2013, os casos de grávidas com sífilis passaram de 1.863 para 21.382, aumento de mais de 1000%. As ocorrências de sífilis congênita passaram, no mesmo período, de 5.832 para 13.705, aumento de quase 135%.


Capa
Página 2
Página 3

MP dilmista corta salário e aprofunda recessão no país

Emissário da campanha de Dilma me pediu para trazer R$ 20 milhões de volta ao Brasil, diz doleiro

Pessoa, da UTC, entregou à Justiça tabela de doações à campanha da reeleição dilmista

PPL: “Dilma declarou guerra ao país”

Segundo aliados, Cid e Ciro estão próximos de filiar-se ao PDT

Para engenheiro, plano de Dilma e Bendine para desinvestir Petrobrás não tem diferença do PL de Serra

Musa da mandioca obedece aos EUA e vota contra a Síria

Página 4 Página 5

ABC: metalúrgicos da Mercedes dizem ‘Não!’ à redução salarial

RJ: trabalhadores protestam contra demissões e fechamento do estaleiro Mauá, em Niterói

Comemoração ao 2 de julho reúne milhares na Bahia e professores realizam ato contra cortes do governo

Alckmin deve pagar salários dos docentes grevistas, determina STF

Abimaq-MG: Setor de máquinas e equipamentos pode demitir mais de 9 mil até o final do ano

Fiat: Mais 1200 trabalhadores em férias coletivas em Taubaté

ESPORTES

Página 6

Assange: “TISA é instrumento de monopólios contra democracia”

Odessa: governador indicado pela junta de Kiev terá os salários pagos pelos Estados Unidos

Wikileaks denuncia que Dilma foi grampeada por EUA até a bordo do avião presidencial

Arrocho para pagar banca mergulha Porto Rico no caos e na recessão. FMI recomenda mais cortes

Chile: greve de professores contra ensino privatizado passa de 30 dias

A verdade ainda que tardia: a descoberta dos arquivos do terror na Guatemala - II

Página 7

Grécia enfrenta chantagem de Merkel e dá rotundo ‘Não’ à Troika
 

 
  Milhares foram às ruas em apoio à Grécia nas principais cidades da União Europeia

   Piketty: ’Alemanha nunca pagou suas contas e não pode dar lições a ninguém’

   Diretora do FMI: “os idosos vivem demais e são um perigo”

 
  Honduras: 100 mil nas ruas de Tegucigalpa exigem renúncia do presidente Juan Orlando

Fidel a Tsipras: “Foi uma brilhante vitória política”


   Raúl: “Valente política do governo grego conta com apoio majoritário”

 

Cristina Kirchner: “referendo da Grécia marca a vitória da democracia e da dignidade”

Evo Morales saúda ‘o início da libertação do povo grego da política imperial do FMI’

 

Página 8

Governo anuncia mais aumentos para as tarifas de energia elétrica