Fidel a Tsipras: “Foi uma
brilhante vitória política”

 

   O líder cubano Fidel Castro saudou o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, pela “brilhante vitória política” obtida domingo passado no referendo contra a Troika.

  Felicito-o calorosamente pela sua brilhante vitória política, cujos pormenores segui de perto pelo canal Telesur.

  A Grécia é muito familiar para os cubanos. Ensinou-nos Filosofia, Arte e Ciências da antiguidade quando estudávamos na escola e, com elas, a mais complexa de todas as atividades humanas: a arte e a ciência da política.

  O seu país, especialmente a sua valentia na atual conjuntura, desperta admiração entre os povos latino-americanos e caribenhos deste hemis-fério, ao ver como a Grécia, perante agressões externas, defende a sua identidade e a sua cultura. Eles também não esquecem que um ano após o ataque de Hitler à Polônia, Mussolini deu ordem às suas tropas para invadir a Grécia, e esse valente país repeliu a agressão e fez retroceder os invasores, o que obrigou ao envolvimento de unidades blindadas alemãs em direção à Grécia, desviando-se do objetivo inicial.

  Cuba conhece o valor e a capacidade combativa das tropas russas, que unidas às forças do seu poderoso aliado da República Popular da China, e outras nações do Médio Oriente e Ásia, procurarão sempre evitar a guerra, mas jamais permitirão alguma agressão militar sem resposta contundente e devastadora.

  Na atual situação política do planeta, quando a paz e a sobrevivência da nossa espécie estão presas por um fio, cada decisão, mais do que nunca, deve ser cuidadosamente elaborada e aplicada, de forma a que ninguém possa duvidar da honestidade e da seriedade com que muitos dos dirigentes mais responsáveis e sérios lutam hoje por enfrentar as calamidades que ameaçam o mundo.

  Desejamos-lhe a si, estimadíssimo companheiro Tsipras, o maior êxito.

Fidel Castro Ruz

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Capa
Página 2
Página 3

MP dilmista corta salário e aprofunda recessão no país

Emissário da campanha de Dilma me pediu para trazer R$ 20 milhões de volta ao Brasil, diz doleiro

Pessoa, da UTC, entregou à Justiça tabela de doações à campanha da reeleição dilmista

PPL: “Dilma declarou guerra ao país”

Segundo aliados, Cid e Ciro estão próximos de filiar-se ao PDT

Para engenheiro, plano de Dilma e Bendine para desinvestir Petrobrás não tem diferença do PL de Serra

Musa da mandioca obedece aos EUA e vota contra a Síria

Página 4 Página 5

ABC: metalúrgicos da Mercedes dizem ‘Não!’ à redução salarial

RJ: trabalhadores protestam contra demissões e fechamento do estaleiro Mauá, em Niterói

Comemoração ao 2 de julho reúne milhares na Bahia e professores realizam ato contra cortes do governo

Alckmin deve pagar salários dos docentes grevistas, determina STF

Abimaq-MG: Setor de máquinas e equipamentos pode demitir mais de 9 mil até o final do ano

Fiat: Mais 1200 trabalhadores em férias coletivas em Taubaté

ESPORTES

Página 6

Assange: “TISA é instrumento de monopólios contra democracia”

Odessa: governador indicado pela junta de Kiev terá os salários pagos pelos Estados Unidos

Wikileaks denuncia que Dilma foi grampeada por EUA até a bordo do avião presidencial

Arrocho para pagar banca mergulha Porto Rico no caos e na recessão. FMI recomenda mais cortes

Chile: greve de professores contra ensino privatizado passa de 30 dias

A verdade ainda que tardia: a descoberta dos arquivos do terror na Guatemala - II

Página 7

Grécia enfrenta chantagem de Merkel e dá rotundo ‘Não’ à Troika
 

 
  Milhares foram às ruas em apoio à Grécia nas principais cidades da União Europeia

   Piketty: ’Alemanha nunca pagou suas contas e não pode dar lições a ninguém’

   Diretora do FMI: “os idosos vivem demais e são um perigo”

 
  Honduras: 100 mil nas ruas de Tegucigalpa exigem renúncia do presidente Juan Orlando

Fidel a Tsipras: “Foi uma brilhante vitória política”


   Raúl: “Valente política do governo grego conta com apoio majoritário”

 

Cristina Kirchner: “referendo da Grécia marca a vitória da democracia e da dignidade”

Evo Morales saúda ‘o início da libertação do povo grego da política imperial do FMI’

 

Página 8

Governo anuncia mais aumentos para as tarifas de energia elétrica