“Porto Rico é país ocupado, não um estado livre associado”, afirmam líderes  independentistas
 

“Estado livre associado é um eufemismo criado pelos Estados Unidos para simbolizar uma colônia, um país invadido pelas forças armadas e submetido ao sistema colonial”, denunciaram Ramón Arturo Nenadich Deglans e Juan Antonio Castillo, independentistas de Porto Rico, em entrevista à Rússia Today.

Participantes da conferência internacional “O direito dos povos à autodeterminação e à construção de mundo multipolar”, realizada em Moscou, os dois independentistas sublinharam que estão buscando, “em primeiro lugar, o reconhecimento da Organização das Nações Unidas”. Eles informaram já terem apresentado uma petição à Assembléia Geral da ONU para que seu país se converta em um novo Estado soberano. Uma vez reconhecido o direito dos 3,5 milhões de habitantes à independência, esclareceram, o próximo passo é acionar para que os “EUA paguem por todos os danos causados durante mais de 100 anos de ocupação”.

Em relação à divida de 73 milhões de dólares de Porto Rico, os independentistas sublinharam que conforme o direito internacional, todas as dívidas de um país ocupado militarmente correspondem ao país interventor. “Portanto, uma vez conquistada a liberdade e a soberania, esta dívida deve ser repassada para os EUA”, frisaram.

Em julho, a Corte Suprema dos EUA vetou a “lei de falência” defendida pelos legisladores de Porto Rico para reestruturar sua dívida, deixando como única alternativa à Ilha se submeter à tutelagem do Congresso norte-americano.

“Isto é praticamente um xeque-mate na economia do país, porque os Estados Unidos diz que Porto Rico não pode se declarar em bancarrota, apesar de ser território norte-americano, porém tampouco tem capacidade de tomar decisões próprias para reestruturar sua dívida. É uma questão absurda”, declarou o doutor em economia Javier Rodríguez. Tal postura, assinalou Rodríguez, somente desnuda “o modus operandi do colonialismo financeiro para asfixiar qualquer alternativa soberana”.


Capa
Página 2
Página 3

Moro: Há provas do esquema de propina Odebrecht-Palocci

Moro manda bloquear até R$ 10 milhões, mas dinheiro sumiu das contas de Mantega

Ministro da Justiça antecipa Operação da PF e Michel Temer não o demite

Lava Jato identifica pagamento de propina na linha 2 do Metrô de São Paulo e EMTU

Teori Zavascki dá andamento à apuração da delação de Sérgio Machado que cita Michel Temer

Lula poupa Eike de críticas durante entrevista no Recife

PF corrige informação: a sigla “JD” não se refere a José Dirceu

Página 4 Página 5

Centrais ocupam ruas contra ataques à Previdência e à CLT

Governo quer exigir mais 10 anos de contribuição  além da idade mínima de 65 anos para aposentar

Metalúrgicos da Volvo rejeitam proposta de reajuste que prevê metade na inflação e exigem negociação

Motoristas do Uber podem ir à Justiça para garantir direitos

Petroleiros dizem ‘não’ a plano de Parente e podem paralisar

ESPORTES

PUBLICIDADE

Página 6

Rússia no CS da ONU: “EUA apoia terroristas da Al Nusra”

Pentágono confirma que Estados Unidos  despacha armamento para terroristas do bando Al Nusra “através de aliados”

FARC assinam acordo de paz com o governo

Líder da campanha pelo ‘Sim’ ao acordo de paz saúda fim do conflito de 52 anos na Colômbia

Dois anos após ‘desaparecimento’ dos 43 estudantes de Ayotzinapa mexicanos marcham por justiça

Operação da Barrick Gold em mina de ouro na Argentina é suspensa após o vazamento de cianeto

Pemex cede a exigência de multis e demite milhares de trabalhadores apenas por serem sindicalizados

 

 

Página 7

Campeões de rejeição Trump e Hillary se atracam no 1º debate

A rota falando do esfarrapado

Não à chacina do negro desarmado Keith Scott: Charlotte não recua e barra toque de recolher

    Revista descarta bailout e ações do Deutsche derretem mais 7,5%

    Fracassa a tentativa das viúvas do poodle Blair de retomar controle dos trabalhistas e Corbyn é reeleito


    Partidos dos EUA e da Coreia do Sul repelem sistema antimíssil THAAD

    “Porto Rico é país ocupado, não um estado livre associado”, afirmam líderes independentistas


   
 China inaugura maior telescópio do mundo: 500 metros de diâmetro



  
 

Página 8

A revolta dos escravos e o fim do Império - (14)