Reprodução

Bendine usou Petrobrás para cobrar uma propina de R$ 17 milhões, diz Odebrecht

O ex-presidente da Petrobrás, entre fevereiro de 2015 e maio de 2016, Aldemir Bendine, indicado com o codinome “Cobra” no departamento de propinas da Odebrecht, foi arrolado nos depoimentos da colaboração premiada de Marcelo Odebrecht, ex-presidente da empreiteira, e Fernando Luiz Ayres da Cunha Santos Reis, ex-presidente Odebrecht Agroindustrial.

Os colaboradores relataram que Bendine teria usado da força de sua posição na petroleira, depois de sua passagem na presidência no Banco do Brasil, voltando a pressionar pelo recebimento de “comissão” sobre crédito no valor de R$ 1,7 bilhão concedida pelo banco para Agroambiental (unidade de açúcar e etanol da Odebrecht).

Eles afirmam, ainda, que entre os anos de 2014 e 2015, foram procurados para atender o pedido de propina de Bendine. Reis relata ter sido contatado pelo publicitário André Vieira em 2014, que se colocando como interlocutor do interessado, apresentou a extorsão no valor de R$ 17 milhões que corresponderiam ao 1% de “comissão” pela aprovação da operação de crédito.

O pedido não foi aprovado na ocasião por Marcelo Odebrecht, que considerou que Bendine não estava em condições de fazer tal exigência.

No entanto, como presidente da Petrobrás, Bendine teria se apresentado como “interlocutor da presidente da República” e demonstrando poder agir para atenuar os avanços da Operação Lava-Jato, o que fez com que Odebrecht tivesse voltado atrás na sua decisão e fizesse um acerto, cujo pagamento final, foi de R$ 3 milhões.

Nomeado em 2015 pela ex-presidente Dilma, Aldemir Bendine foi uma solução pretensamente técnica e de agrado do mercado financeiro. Presidente do Banco do Brasil desde 2009 até a nomeação para Petrobrás, sua curta gestão na petroleira teve a marca de impulsionar o mal denominado plano de desinvestimento, cujo verdadeiro objetivo foi, e é hoje na gestão de Pedro Parente nomeado por Temer, de enfraquecer a Petrobrás criando condições para sua privatização.
 

                           

Capa
Página 2
Página 3 Página 4 Página 5 Página 6 Página 7 Página 8