CSP-Conlutas: “Não podemos aceitar que uma corja de bandidos sem moral ameace os nossos direitos”

A Central Sindical CSP-Conlutas, afirmou na última segunda-feira, através de nota, que o Congresso de corruptos não tem moral para retirar nossos direitos. Segundo o dirigente da central, Atnágoras Lopes, “não podemos aceitar que uma corja de bandidos nos imponha essa ofensiva. Eles não têm moral para votar nada. A grande maioria deles deveria ir era pra cadeia e devolver o que roubaram aos cofres públicos”, disse.

A entidade também fez críticas ao trecho do parecer do relatório do deputado federal, Rogério Marinho (PSDB-RN), que diz que a origem da Lei da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) eram de origem fascista, para justificar as mudanças propostas pela comissão especial que analisa o tema. Um “canalhice” disse Atnágoras, destacando que a CLT foi conquistada devido a lutas importantes dos trabalhadores naquela época.

Para a CSP-Conlutas, o governo Temer quer acabar com as leis trabalhista, permitindo que a negociação entre empresa e empregado valha mais do que as leis estabelecidas na CLT e até na Constituição. “Todos nós sabemos, nunca há negociação entre ‘iguais’ quando se trata de patrão e empregado. O empregado está sempre em desvantagem, ele precisa garantir o sustento da família através de seu emprego, já o patrão vive sem produzir e acumulando riquezas e mais riquezas a custa da exploração do nosso suor, do nosso sangue”, ressalta Atnágoras.

 

 


Capa
Página 2
Página 3

Temer mentiu: agendou reunião da propina com grupo Odebrecht

Reforma política dos ladrões é para manter o roubo

Cunha distribuiu R$ 50 milhões da Odebrecht para Jucá, Chinaglia, Mabel e outros aliados

Para Gleisi, não é o roubo mas a Lava Jato o perigo

Referências eram “sítio de Lula”, diz Odebrecht

Juiz Sérgio Moro aceita as 87 testemunhas desde que seja com a presença de Lula

PHA: Lula com Odebrecht é errado

Página 4 Página 5

Anfip e fórum dos servidores aderem à greve geral dia 28

Policiais civis da Bahia param dia 28 contra reforma da Previdência

Metrô de São Paulo tentará sabotar greve geral substituindo funcionários, denuncia Sindicato

“Regra de transição que governo quer impor é injusta e inconstitucional”, afirmam Juízes e Ministério Público

CSP-Conlutas: “Não podemos aceitar que uma corja de bandidos sem moral ameace os nossos direitos”

Reforma trabalhista acaba com salário fixo e coloca em riscos direitos básicos

ESPORTES - Vasco vence Botafogo e conquista a Taça Rio

Página 6

Presos palestinos iniciam greve de fome contra prisões da ocupação

Chilenos rechaçam ‘reforma’ faz de conta de Bachelet que mantém previdência privada

Presidencialismo sultânico vence na Turquia por estreita margem

Ex-ministros do governo Chávez denunciam ruptura constitucional na Venezuela

Pós-Otan: ONU denuncia o comércio de escravos na Líbia

Página 7

Professor do MIT denuncia: laudo de Trump sobre sarin na Síria “é falso”

Porta-voz russo: ninguém solicitou antídotos na área do ‘ataque’ químico

Terroristas explodem carro-bomba na Síria e matam 125 civis, entre os quais 60 crianças


Chomsky: “PT não pôde manter as mãos fora da caixa registradora e se uniu à elite mais corrupta”

Economia chinesa cresceu 6,9% no 1º trimestre

Documento secreto dos EUA confirma que a invasão do Panamá em 1989 foi mesmo por controle do Canal

Lavrov alerta para que EUA não repita contra a RPDC o que fez na Síria

MOAB destruiu no Afeganistão instalações construídas pela CIA

Página 8

Nelson Werneck Sodré: a obra de José de Alencar na História - (3)

Publicidade