Documento secreto dos EUA confirma que a invasão do Panamá em 1989 foi mesmo
 por controle do Canal
 

 Um documento secreto dos Estados Unidos, divulgado recentemente, confirma que a verdadeira intenção da invasão militar do Panamá, em 20 de dezembro de 1989, era abolir os tratados do Canal.
“Nosso objetivo é desestabilizar o país sem arriscar nossa presença e influência ali e, ao mesmo tempo, ter uma base legítima para revogar os Tratados Torrijos-Carter”, revela o Memorando Secreto-Sensitivo do Conselho de Segurança Nacional, datado de 8 de abril de 1986, e publicado pelo escritor panamenho Julio Yao, ex-assessor de política internacional.

Conforme explicita o documento estadunidense, “nossa política deve desenvolver-se em torno às seguintes linhas: uma campanha de ações encobertas para desestabilizar o país, acusando as Forças de Defesa do Panamá, particularmente ao general Noriega, de tráfico de drogas... e de estar vinculado aos serviços de inteligência de Cuba e dos Estados Unidos”.

Yao declarou à Prensa Latina ter recebido este e outros documentos em 1989 e que tinha a intenção de utilizá-los ante a Corte Internacional de Haya e que os guardou, da mesma forma que uma entrevista realizada com Noriega, em 1993. Os dois materiais foram tornados públicos apenas no começo de abril ao jornal panamenho A Estrela.

Além de manter o controle sobre o canal interoceânico, os EUA se empenhavam em afastar o Japão da sua ampliação, o que estava sendo negociado pelo governo do general Omar Torrijos e foi continuado por Noriega.

“Tentaram convencer Torrijos de renegociar o Tratado do Canal e de não falar com os japoneses. Ele se negou taxativamente. Então morreu na queda de um avião em chamas, conectado a um gravador com explosivos dentro. Não há a menor dúvida que a ação foi organizada pela CIA e muitos investigadores estadunidenses chegaram à mesma conclusão”, afirmou Amy Goodman, do Democracy Now, em entrevista à Rádio Pública Nacional dos Estados Unidos em 9 de novembro de 2004, citada por Yao. O ex–assessor de Política Internacional também lembrou que o escritor John Perkins assinalou que o ex-presidente Reagan, já falecido, estava “muito irritado com Torrijos”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Capa
Página 2
Página 3

Temer mentiu: agendou reunião da propina com grupo Odebrecht

Reforma política dos ladrões é para manter o roubo

Cunha distribuiu R$ 50 milhões da Odebrecht para Jucá, Chinaglia, Mabel e outros aliados

Para Gleisi, não é o roubo mas a Lava Jato o perigo

Referências eram “sítio de Lula”, diz Odebrecht

Juiz Sérgio Moro aceita as 87 testemunhas desde que seja com a presença de Lula

PHA: Lula com Odebrecht é errado

Página 4 Página 5

Anfip e fórum dos servidores aderem à greve geral dia 28

Policiais civis da Bahia param dia 28 contra reforma da Previdência

Metrô de São Paulo tentará sabotar greve geral substituindo funcionários, denuncia Sindicato

“Regra de transição que governo quer impor é injusta e inconstitucional”, afirmam Juízes e Ministério Público

CSP-Conlutas: “Não podemos aceitar que uma corja de bandidos sem moral ameace os nossos direitos”

Reforma trabalhista acaba com salário fixo e coloca em riscos direitos básicos

ESPORTES - Vasco vence Botafogo e conquista a Taça Rio

Página 6

Presos palestinos iniciam greve de fome contra prisões da ocupação

Chilenos rechaçam ‘reforma’ faz de conta de Bachelet que mantém previdência privada

Presidencialismo sultânico vence na Turquia por estreita margem

Ex-ministros do governo Chávez denunciam ruptura constitucional na Venezuela

Pós-Otan: ONU denuncia o comércio de escravos na Líbia

Página 7

Professor do MIT denuncia: laudo de Trump sobre sarin na Síria “é falso”

Porta-voz russo: ninguém solicitou antídotos na área do ‘ataque’ químico

Terroristas explodem carro-bomba na Síria e matam 125 civis, entre os quais 60 crianças


Chomsky: “PT não pôde manter as mãos fora da caixa registradora e se uniu à elite mais corrupta”

Economia chinesa cresceu 6,9% no 1º trimestre

Documento secreto dos EUA confirma que a invasão do Panamá em 1989 foi mesmo por controle do Canal

Lavrov alerta para que EUA não repita contra a RPDC o que fez na Síria

MOAB destruiu no Afeganistão instalações construídas pela CIA

Página 8

Nelson Werneck Sodré: a obra de José de Alencar na História - (3)

Publicidade