Livro de Paulo Ramos Derengoski retrata acontecimentos da Guerra do Contestado

“A chamada ‘Guerra do Contestado’ foi um dos episódios mais sangrentos da nossa história. Uma saga à altura do grande massacre de Canudos, lá nos sertões do Vaza Barris. Mas que não teve, a descrevê-la, o talento de um Euclides da Cunha”. Assim Paulo Ramos Derengoski define o episódio ocorrido em 1912 na região fronteiriça entre os estados do Paraná e Santa Catarina.

Em “A sangrenta Guerra do Contestado”, o jornalista, que também é autor de “O desmoronamento do mundo jagunço” e “Os rebeldes do Contestado”, faz um impressionante relato de acontecimentos ocorridos naquele ano e que, devido à brutalidade com que foi sufocado, ficou no esquecimento para a maioria dos brasileiros.

Para o autor, foram muitas as causas iniciais da guerra: “aberrações sociais, patologia econômica, questões limítrofes entre estados, arrocho fiscal, surto messiânico, fanatismo religioso, disputas políticas provincianas, luta pela posse de terras, cobiça por pinheirais, açambarcamento de erva-mate, avanço de grupos estrangeiros, grilagem, ignorância, milenarismo, miséria”.

“A sangrenta Guerra do Contestado”, foi editado e impresso pela Diretoria da Imprensa Oficial e Editora de Santa Catarina (Dioesc), do governo estadual. Informações sobre o livro e autor, pelo email: derengoski@yahoo.com.br ou por meio do telefone: (49) 3222-4838.


Capa
Página 2
Página 3

Espionagem dos EUA: Brasil repudia sequestro de David

Sindicato dos Jornalistas repudia “agressões de grupelhos fascistas nos protestos do Rio”

Para Dilma, é o fator previdenciário, e não as desonerações, que prejudica a Previdência

PPL divulga a mobilização das centrais no dia 30 e quer a mudança da política econômica

Tarso: “resolver a dívida interessa ao país, e não só ao Rio Grande do Sul”

Juízes e OAB apoiam ministro Lewandowski e condenam mais uma prepotência de Barbosa

Página 4 Página 5 Página 6

O favorecimento explícito e ilegal às multinacionais no leilão do pré-sal

Página 7 Página 8

25 policiais assassinados em massacre no Egito

Colombianos em greve exigem investimento em saúde e educação

Líder do Líbano condena atentado por terroristas sírios em Beirute

Egípcios lançam movimento contra ingerência dos EUA

Economia da Argentina cresce 5,1% no semestre

Equador: Chevron terá a resposta que merece