Dublin: Multidão rejeita cobrança de nova
taxa pelo uso da água imposta pela Troika
 

“Enda Kenny, nem um penny!”: com esse brado, 80 mil pessoas marcharam no sábado (21) na capital irlandesa, Dublin, para repelir a cobrança da taxa de água - imposta pela Troika e implantada pelo primeiro-ministro do partido Fine Gael - e prometer que no próximo ano, 2016, quando se completará um século da insurreição que levou à independência do jugo inglês, haverá no país um “governo do povo, para o povo e pelo povo”.

Na Irlanda, não existia a cobrança da taxa de água, sendo que o consumo de água estava incluído em outra taxa municipal. Depois do crash dos bancos pendurados na especulação e sua nacionalização (socialização dos prejuízos) pelo governo de Dublin, a Troika (FMI/BCE/Eurogrupo) mandou instituir essa cobrança, que foi prontamente repudiada por atos convocados pelo movimento “Right2Water”, integrado por entidades populares e partidos como o Sinn Fein (IRA) e Povo antes do Lucro. Em conseqüência, o governo pró-Troika criou a Irish Water.

A multidão levava cartazes com fotos dos manifestantes presos por se oporem à cobrança da água que, denunciam, tem como meta a privatização da água. À multidão, a deputada do Sinn Fein, Lynn Boylan, reiterou que “o dia da verdade está chegando para o governo”. Bernie Hughes, que ficou no cárcere por 28 dias por se opor à instalação de hidrômetro, salientou que “devemos nos manter unidos, para avançarmos”. “Não há problema em protestar amanhã ou depois de amanhã, todos somos elos de uma cadeia e continuaremos juntos”, reiterou Damien O’Neill, também preso em fevereiro.

O vereador de Dublin, Brid Smith, ressaltou que “assim que a Irish Water estiver acabada, o governo deveria usar o dinheiro que está desperdiçando em multas, consultores e bônus para verdadeiramente investir no sistema de água deste país que eles, e os sucessivos governos do establishment, nada fizeram no passado”.

Com a Irish Water ameaçando cobrar a água a partir de 1º de abril, a manifestação expressou que “não seremos enganados” no dia da mentira: “No way, no pay!” [não pagaremos/ de jeito algum]. O dirigente da Aliança Anti-austeridade, Joe Higgins, convocou a população a manter o “boicote em massa das contas de água em abril”, sobre as quais não há qualquer penalidade até a eleição geral.

Como destacou o porta-voz do Povo Antes dos Lucros, John Lyons, “o governo recebeu uma mensagem alta e clara do povo deste país de que nós não queremos e não temos como arcar com sua taxa regressiva da água para pagar banqueiros e rentistas ricos”. Segundo a Irish Water, já foram instalados dois-terços dos hidrômetros previstos.


Capa
Página 2
Página 3

CNT: 83,2% querem realização de manifestações contra o governo

Corruptos não querem mais partidos

Com o pacote neoliberal, o governo usa gasolina para apagar fogo, denuncia PPL

PPL: Plataforma de Lutas

As multidões que foram às ruas têm razão, afirma Ciro

FHC elogia Levy e diz que a política de Dilma não é diferente da do PSDB

João Vaccari agora é réu, decide juiz Sérgio Moro

Página 4 Página 5

Governo nega aumento a servidor e diz que meta é arrochar salário

Centrais fazem ato nacional dia 30 contra MPs 664 e 665

40 mil professores ocupam a Paulista em assembleia e ampliam greve por reajuste

Fábricas da GM e Mercedes Benz abrem mais um plano de demissão em massa em São Paulo

Trabalhadores da limpeza urbana iniciam paralisação em 130 cidades da Grande São Paulo: reivindicação é 11,73%

Após 10 dias de greve, garis do Rio conquistam 8% de reajuste

CARTAS

Página 6

Planalto promete: "o corte no orçamento não será pequeno"

Ministro da Indústria trabalha para elevar déficit comercial do Brasil com os EUA

Focus prevê que PIB será menor ainda e a inflação deve chegar a 9,3% em 2015

AEPET considera ‘absurda privatização’ ideia de Bendine de fatiar a Petrobrás para vender ativos

Após abiscoitar pré-sal, Total quer burlar lei que garante conteúdo local em plataformas

Venezuela: campanha pelo fim do decreto/ameaça dos EUA já tem mais de um milhão de assinaturas

Médicos voltam a Cuba após participarem de jornada contra o ebola

ONU condena Israel por violar direitos humanos na Palestina

 

Página 7 [ModelosNovaEdicao/P27/pag7indice.htm]Página 8

O Duque de Caxias pelo general Werneck Sodré